Da autoconstrução à casa sustentável: ensaio projetual

Saick, Kaliope Werneck (2019)

tcc

A maioria esmagadora da população no Brasil, quando o assunto é construção, opta por não contratar os serviços de um profissional da área da construção civil. A chamada autoconstrução acarreta erros de planejamento e execução, além de financeiros, devido a essa informalidade. Respeitar as normas existentes e utilizar soluções que sejam condizentes com a topografia, a insolação incidente, além do correto dimensionamento dos ambientes e escolha adequada dos materiais e técnicas, interferem diretamente na qualidade do espaço. Dessa forma, este trabalho analisa uma residência autoconstruída localizada em Vila Velha-ES sob aspectos técnicos, e propõe um novo projeto para a mesma adequado às legislações municipais, utilizando ainda diretrizes de sustentabilidade do Selo Casa Azul, considerando ainda condicionantes do terreno, valorização da iluminação e ventilação naturais. Os resultados alcançados demostram que é possível ainda que em um terreno pequeno e fora dos padrões ter uma construção dentro dos padrões exigidos pela legislação e ainda atendendo critérios de sustentabilidade pensados no projeto. Em relação à sustentabilidade, através do melhor aproveitamento da insolação associado ao posicionamento adequado das aberturas para melhor proveito da ventilação, e também, reaproveitamento da água da chuva, a proposta traz redução de aproximadamente 64% no que se refere ao consumo energético, e de aproximadamente 30% quanto ao consumo de água. Os resultados enfatizam a importância fundamental do profissional da construção civil, o qual, para um mesmo espaço, consegue proporcionar uma construção sadia para os moradores.

The majority of the population in Brazil, when it comes to construction, chooses not to hire the services of a professional in the field of civil construction. The so-called self- construction causes planning and execution errors, as well as financial problems, due to this informality. Respect the existing standards and use solutions that are consistent with the topography, the incident sunlight, in addition to the correct dimensioning of the environments and adequate choice of materials and techniques, directly interfere in the quality of the space. In this way, this work analyzes a self-built residence located in Vila Velha-ES under technical aspects, and proposes a new project for it suitable to the municipal legislation, also using sustainability guidelines of the Selo Casa Azul, also considering conditions of the land, valuing natural lighting and ventilation. The results achieved show that it is possible, even on a small and non-standard land, to have a construction within the standards required by law and still meeting sustainability criteria designed in the project. In relation to sustainability, through the better use of sunlight associated with the adequate positioning of the openings to better benefit from ventilation, and also the reuse of rainwater, the proposal brings a reduction of approximately 64% with regard to energy consumption, and approximately 30% for water consumption. The results emphasize the fundamental importance of the civil construction professional, who, for the same space, manages to provide a healthy construction for residents.