Inclusão em formação: contribuições para o acesso das pessoas com deficiência aos cursos técnicos do Instituto Federal do Espírito Santo

Melo, Renata Gandra de (2021)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Considerando a educação como direito social de todos visando ao pleno desenvolvimento humano, ao preparo para exercício da cidadania e para o trabalho, objetivou-se colaborar na (re)construção de conhecimentos relativos à acessibilidade em processo seletivo discente do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) por meio de uma formação pedagógica no formato de Curso Online Aberto e Massivo para profissionais do Instituto, de forma a contribuir para o ingresso das pessoas com deficiência na instituição em igualdade de direitos e condições equiparadas. Optou-se por uma abordagem qualitativa por meio da pesquisa participante. Para a produção de dados, foram utilizadas a observação participante e as entrevistas semiestruturadas com alunos com deficiência (9) e com servidores que atuam na gestão e execução destes processos (5). Os dados foram sistematizados e analisados quanto ao conteúdo buscando-se compreender as ações de acessibilidade relacionadas aos processos seletivos. Foi possível identificar um total de 28 ações e verificou-se que o Ifes realizou 68% destas. Dessas ações que o Instituto realiza, 53% necessitam de aperfeiçoamento e estão relacionadas, em sua maioria, à acessibilidade comunicacional. O estudo demonstrou, também, a necessidade de fundamentação da deficiência sob uma perspectiva social. Os resultados possibilitaram diagnosticar as necessidades de aprendizagem que foram consideradas no modelo pedagógico do curso o qual foi proposto buscando-se conduzir a uma reflexão crítica e criadora a qual, tendo como base os conceitos, as normas e as boas práticas de acessibilidade, propõe mudanças que visam a autonomia e a práxis de todos nos processos seletivos.

ABSTRACT: Considering education as a social right of all, aiming at the full human development, at the preparation for the exercise of citizenship and for work, the objective was to collaborate in the (re)construction of knowledge related to accessibility in the selective process of students from the Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) through a professional training in the format of Massive Open Online Course for Ifes professionals, in order to contribute to the entry of people with disabilities in the institution under equal rights and equivalent conditions. It was opted for a qualitative approach through participatory research. For the production of data, participant observation and semi-structured interviews with students with disabilities (9) and with employees who work in the management and execution of these processes (5) were used. The data were systematized and analyzed for content, seeking to understand the accessibility actions related to selection processes. A total of 28 actions were identified and it was verified that 68% of them were carried out by Ifes. Of the actions carried out by the Institute, 53% need improvement and most of them are related to communicational accessibility. The study also demonstrated the need to substantiate disability from a social perspective. The results made it possible to diagnose the learning needs to be considered in the pedagogical model of the course which was proposed seeking to lead to a critical and creative reflection which, based on the concepts and on good accessibility practices, can propose changes that result in the autonomy and praxis of all in the selective processes.


Colecciones: