Desenvolvimento sustentável na gestão de resíduos sólidos provenientes da indústria de transformação de polímeros

Merlo, Juliano Ferrandi (2020)

artigo

O presente trabalho objetivou encontrar soluções para o reaproveitamento e a reciclagem dos resíduos sólidos gerados em uma empresa de transformação de polímeros no município da Serra, no estado brasileiro do Espírito Santo, de modo a evitar que sua destinação final fosse um aterro sanitário. O trabalho foi executado em três momentos: no primeiro foi feita uma análise dos resíduos sólidos gerados ao longo do ano de 2018, no segundo foi observado o destino final dos resíduos sólidos e a funcionalidade da coleta seletiva já implementada na empresa, e o terceiro momento consistiu em um trabalho de busca por parceiros que pudessem reaproveitar ou reciclar os resíduos que seriam destinados ao aterro sanitário. De acordo com os dados obtidos, verificou-se que os resíduos mais utilizados são metais, madeiras e um grupo denominado “resíduos não recicláveis”, contendo resíduos perigosos, resíduos orgânicos, além de papéis e plásticos contaminados. O destino final para 52,85% de todo resíduo sólido gerado ao longo do ano de 2019 foi alterado e direcionado para centros de reciclagem ou empresas que reaproveitaram os resíduos na composição de suas matérias primas, reduzindo os custos operacionais e de transporte até o aterro sanitário e permitindo a geração de lucros através da revenda de parte dos resíduos sólidos. As medidas implementadas também trouxeram impactos positivos ao meio ambiente, como participação no aumento da vida útil do aterro sanitário e uma menor geração de resíduos. Os resultados ainda revelam que a implantação da coleta seletiva na empresa foi fundamental para que a gestão dos resíduos sólidos ocorresse de forma homogênea e efetiva.


Collections: