A humanidade nas operações de linguagem: exercitando a ambiguidade sob a abordagem epilinguística.

Castro, Bruna Matias do Nascimento de (2019)

dissertação de mestrado

RESUMO: Esta pesquisa situa-se na linha “Práticas educativas” do Programa de Pósgraduação em Ensino de Humanidades (PPGEH), do Instituto Federal do Espírito Santo, e tem como principal objetivo contribuir com a humanização de sujeitos por meio de atividades operatórias com e sobre a linguagem, envolvendo um estudo relacionado a palavras e expressões ambíguas. O interesse por tal investigação nasceu da nossa vivência como professora de Língua Portuguesa da educação básica, na rede pública de ensino, onde percebemos dificuldades dos alunos em relação à língua(gem), sobretudo, quando necessitam referenciar sentidos e interpretar textos/enunciados. A metodologia do nosso trabalho se ancora na pesquisa qualitativa com intervenção peda gógica, na qual utilizamos uma sequência de atividades explorando as ambiguidades, a fim de que os estudantes pudessem operar com e sobre tais representações enunciativas. A intervenção junto aos participantes da pesquisa foi mediada sob o princípio da dialogicidade freiriana em um processo construtivo de conhecimentos que imerge no ensino de humanidades ao propor, por meio das atividades epilinguísticas, uma abordagem reflexiva da língua, criando situações em que os sujeitos enunciadores pudessem operar estabilizando e deformando noções nos contextos de linguagem da própria humanidade. Utilizamos como base teórica: Franchi (2006), Rezende (2008), Geraldi (2013), Travaglia (2005), Marcuschi (2008), Freire (2016), Cançado (2013), Zavaglia (2016) entre outros que essencialmente justificam o diálogo entre o ensino reflexivo da Língua Portuguesa e a formação de um sujeito crítico, em um movimento dialético entre teoria e prática, buscando a promoção de mudanças no processo de ensino-aprendizagem. O produto educacional resultante da nossa pesquisa é um ebook que reúne as atividades trabalhadas com os estudantes durante a pesquisa.

ABSTRACT: This research is stands in the line "Educational Practices" of the Postgraduate Program in Humanities Education (PPGEH) of the Federal Institute of Espírito Santo, and its main objective is to contribute to the humanization of subjects through operative activities with and on language involving a study related to ambiguous words and expressions. The interest for such research was born from our experience as a Portuguese language teacher in basic education, in the public school system where we perceive difficulties of the students in relation to the language (gem), especially when they need to refer directions and interpret texts / statements. The methodology of our work is anchored in the qualitative research with pedagogical intervention, in which we used a sequence of activities exploring the ambiguities, so that the students could operate with and on such enunciative representations. The intervention with the participants of the research was mediated under the principle of Freirean dialogism in a constructive process of knowledge that immerses in the teaching of the humanities when proposing, through the epilingualistic activities, a reflexive approach of the language, creating situations in which the subjects enunciadores could operate by stabilizing and deforming notions in the language contexts of humanity itself. We use as theoretical basis Franchi (2006), Rezende (2008), Geraldi (2013), Travaglia (2005), Marcuschi (2008), Freire (2016), Cançado (2013), Zavaglia (2016) essentially justify the dialogue between the reflective teaching of the Portuguese Language and the formation of a critical subject, in a dialectical movement between theory and practice, seeking to promote changes in the teaching-learning process


Coleções: