O entorno da Vale S.A. na perspectiva da cidade educativa : da miopia verde à catarse do pó preto

Frois, Israel David de Oliveira (2018)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Esta pesquisa problematiza e critica as dinâmicas ambientais entre a Vale S.A. e o seu entorno, em especial no que tange à emissão do “pó preto”, com o intuito de transformar essa problematização em subsídio para elaboração de material educativo compartilhado e avaliado em formação de professores da educação básica, orientada pelos pressupostos da Pedagogia Histórico-Crítica. Assim, busca responder: como o entorno da Vale S.A., na perspectiva do direito à cidade, revela e/ou oculta problemas socioambientais decorrentes das atividades dessa empresa? Para tanto, adota referenciais teóricos firmados no materialismo histórico e dialético, mais diretamente relacionados ao direito à cidade a partir de Lefebvre, à produção capitalista do espaço a partir de Harvey, ao pensamento ecológico em Marx discutido por Foster e à concepção de uma Educação ambiental crítica desenvolvida em especial por Loureiro. Toma como fontes de dados documentos, relatórios, estudos e registros históricos relacionados à empresa e a sua atuação no Espírito Santo, além de visitas individuais e coletivas feitas no entorno da Vale S.A. A partir desta prospecção histórica dos acontecimentos político-econômicos desde a fundação da CVRD até os processos políticos mais contemporâneos na atuação da empresa em Vitória/ES, constataram-se diversas contradições relacionadas à estratégia global de acumulação; à participação da empresa em financiamento de campanhas; às CPIs e acordos suspeitos; e às diversas falhas metabólicas objetivadas na orla de Camburi, relacionadas direta e indiretamente às atividades econômicas e poluidoras da Vale S.A. Tais dados subsidiaram uma pesquisa intervenção com ações colaborativas por meio de curso de formação continuada de professores de escolas públicas situadas na região metropolitana da Grande Vitória/ES, pautada nos pressupostos da pedagogia histórico-crítica. Nesse momento, os docentes participantes validaram e contribuíram com a reformulação do produto educativo elaborado. A avaliação dos cursistas revelou o elevado grau de satisfação quanto a metodologia, os conteúdos desenvolvidos e a criticidade do curso. Além disso, os docentes expressaram suas inspirações e possibilidades catárticas provocadas pela formação. Este estudo abre caminho para outras possibilidades de pesquisas e projetos de intervenção, pois são muitas as contradições objetivadas no espaço urbano do Estado do Espírito Santo. Desenterrar estas contradições por meio de pesquisas, propor novos circuitos formativos, estabelecer diálogos para uma práxis crítica e transformadora no campo dos movimentos socioambientais são alguns dos desafios lançados.

ABSTRACT: This research problematizes and criticizes the environmental dynamics between Vale SA and its surroundings, especially regarding the emission of the "black powder", with the purpose of transforming this problem into a subsidy for the elaboration of educational material that is shared and evaluated in the formation of teachers of basic education, guided by the presuppositions of Historical-Critical Pedagogy. Thus, it seeks to answer: how does the environment of Vale S.A., from the perspective of the right to the city, reveal and / or hide socio-environmental problems arising from the activities of this company? In order to do so, it adopts theoretical references based on historical and dialectical materialism, more directly related to the right to the city from Lefebvre, to the capitalist production of space from Harvey, to the ecological thinking of Marx discussed by Foster and to the conception of an Environmental Education criticism developed especially by Loureiro. It takes as sources of data documents, reports, studies and historical records related to the company and its work in Espírito Santo, in addition to individual and collective visits made in the vicinity of Vale SA. From this historical prospect of political-economic events since the founding of CVRD to the most contemporary political processes in the company's performance in Vitória / ES, there were several contradictions related to the global accumulation strategy; the company's participation in campaign financing; investigations suffered from the government (CPI), suspicious agreements; and to the various metabolic flaws objectified in the border of Camburi, related directly and indirectly to the economic activities and pollutants of Vale SA Such data subsidized a research intervention with collaborative actions through a course of continued education of public schools teachers located in the metropolitan region of Grande Vitória / ES, based on the assumptions of historical-critical pedagogy. At that moment, the participating teachers validated and contributed to the reformulation of the educational product elaborated. The evaluation of the trainees revealed the high level of satisfaction regarding the methodology, the contents which were developed and the criticality of the course. In addition, the teachers expressed their inspirations and cathartic possibilities provoked by the graduation. This study opens the way to other possibilities of research and projects for intervention, since there are many contradictions objectified in the urban space of the State of Espírito Santo. Uncovering these contradictions through research, proposing new formative circuits, establishing dialogues for a critical and transformative praxis in the socio-environmental field movements are some of the challenges that have been raised.


Colecciones: