Show simple item record

Investigação do conforto ambiental em uma escola municipal de Colatina - ES

dc.contributor.advisorFassina, Sirana
dc.contributor.authorFaria, Ana Paula Amâncio
dc.date.accessioned2023-12-22T15:02:11Z
dc.date.available2023-12-22T15:02:11Z
dc.date.issued2023-09-22
dc.identifier.citationFARIA, Ana Paula Amâncio. Investigação do conforto ambiental em uma escola municipal de Colatina-ES. 2023. 87 f.. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Instituto Federal do Espírito Santo, Colatina, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/4106
dc.description.abstractO conforto ambiental em escolas é uma questão relevante que deve ser considerada, pois tem impacto direto no bem-estar e saúde dos alunos, além de influenciar significativamente o seu desempenho acadêmico. Assim, é fundamental que as condições do ambiente escolar sejam adequadas em termos de iluminação, temperatura, qualidade do ar e ruído para garantir um ambiente propício à aprendizagem. Objetivou-se, neste trabalho, investigar o conforto lumínico e acústico da Escola Municipal de Ensino Fundamental Matilde Guerra Comério, localizada no bairro Santos Dumont no município de Colatina/ES. As medições foram realizadas em duas salas com orientações diferentes e localizadas em pontos estratégicos para o estudo, assim como foram coletadas informações em pontos externos a elas, de forma a criar novas relações durante as análises. Os levantamentos tiveram a duração de seis dias (18, 20, 25 e 27 de abril, 02 e 04 de maio), nos horários de 9h, 12h e 15h, de forma a abranger o máximo de situações no local. Os dados obtidos foram tratados e analisados, revelando resultados desfavoráveis em relação à uniformidade da iluminação artificial que não atingiu o exigido pela norma, assim como a luz natural, que também não é tratada de forma adequada, resultando em ofuscamento e exposição à luz direta do sol. Em termos de conforto acústico, os níveis de pressão sonora também não foram satisfatórios quando relacionados com a norma, mostrando que as salas não possuem um bom isolamento acústico. Os dados térmicos não foram levantados em função das salas de aulas permanecerem com o ar condicionado ligado em todo o período de utilização (das 7h às 17h30min). Com base nas informações levantadas, foi possível identificar os problemas e elaborar diretrizes para a melhoria do projeto não apenas para o ambiente interno, mas também para o entorno dos ambientes analisados. É de grande importância considerar o conforto lumínico e acústico como parte integrante do projeto arquitetônico e do planejamento educacional, garantindo assim um ambiente propício para o aprendizado e o bemestar dos alunos e professorespt_BR
dc.description.abstractEnsuring environmental comfort within schools holds paramount importance, as it profoundly affects the well-being and health of students while significantly shaping their academic performance. Hence, it is imperative to establish ideal conditions in terms of lighting, temperature, air quality, and noise levels, fostering an environment conducive to learning. This study aimed to assess the luminous and acoustic comfort at Matilde Guerra Comério Municipal Elementary School, situated in the Santos Dumont neighborhood of Colatina, ES. Measurements were conducted in two distinctively oriented classrooms, strategically chosen for the analysis. Additionally, external data points were incorporated to enrich the study's perspective. The survey spanned six days (April 18th, 20th, 25th, and 27th, May 2nd, and 4th) at 9 am, 12 pm, and 3 pm to capture a comprehensive array of scenarios. Data acquired during this period underwent thorough processing and analysis, revealing unfavorable outcomes. Artificial lighting exhibited inconsistencies that fell short of the required standard. Similarly, natural light presented challenges such as glare and direct sunlight exposure due to inadequate management. Acoustic comfort was compromised too, with sound pressure levels failing to meet established standards, indicating subpar acoustic insulation in the classrooms. While thermal data was excluded due to continuous airconditioning from 7 am to 5:30 pm, other aspects took precedence. From the collated information, problematic areas surfaced, enabling the formulation of guidelines to enhance not only the internal classroom environment but also the surroundings. Recognizing luminous and acoustic comfort as integral facets of architectural design and educational planning gains utmost significance, ultimately fostering an environment that nurtures learning and upholds the well-being of both students and teacherspt_BR
dc.format.extent87 f.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.rightsacesso_abertopt_BR
dc.subjectConforto acústicopt_BR
dc.subjectConforto lumínicopt_BR
dc.subjectEscolapt_BR
dc.titleInvestigação do conforto ambiental em uma escola municipal de Colatina - ESpt_BR
dc.typetccpt_BR
dc.publisher.localColatinapt_BR
ifes.campusCampus_Colatinapt_BR
dc.description.affiliationIfesCampus_Colatinapt_BR
dc.contributor.memberAmorim, Alexandre


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record