Construção e transformações do currículo de matemática do curso técnico em Estradas do Ifes (1960 – 1990)

Kachel, Gabriel Luiz Santos (2018)

Dissertação mestrado

RESUMO: O presente estudo histórico investiga o currículo de Matemática do curso Técnico em Estradas, do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), no período das décadas de 1960, 1970 e 1980. O objetivo da pesquisa é discutir a construção social desse currículo de Matemática desde a sua criação até as transformações que foram se consolidando nas duas décadas seguintes. Para alcançar o objetivo proposto, foram utilizadas as seguintes estratégias metodológicas: pesquisa bibliográfica; análise de fontes históricas considerando as informações contidas nos currículos de Matemática, livros didáticos, atas de reuniões, jornais e outros vestígios; entrevistas semiestruturadas com professores de Matemática do curso Técnico em Estradas e ex-alunos que forneceram narrativas relevantes à pesquisa. Sob o aporte teórico de Le Goff, a constituição do presente trabalho ocorreu no entrelaçamento entre as memórias dos depoentes e os vestígios do passado encontrados durante a investigação. Na discussão de currículo, busca-se apoio nas considerações teóricas de Goodson e Sacristán. O currículo é entendido como uma construção social que possui uma dimensão teórica (currículo prescrito) e uma prática (currículo ativo). Foi possível constatar que muitos sujeitos estiveram envolvidos na construção social desse currículo. A instituição possuía finalidades educativas frente à sociedade que sofreram mudanças. Passou-se de um modelo que priorizava a educação e a formação do caráter pelo trabalho, em um paradigma taylorista-fordista, para outro no qual eram demandados o domínio da ciência, da tecnologia e a autonomia intelectual para resolução de problemas. Assim, a Matemática tornou-se mais relevante e outra pedagogia surgiu dentro dos muros da escola. A pesquisa apontou para uma aproximação entre o currículo de Matemática do curso Técnico em Estradas e o currículo do ensino propedêutico. Os professores também foram relevantes nessa construção social. Mesmo em tempos de tecnicismo, nos quais o planejamento e o controle eram rígidos, os docentes encontraram meios de exercer papel de construtores do currículo com criatividade e protagonismo. Esse protagonismo fica evidente em um movimento de professores de Matemática das instituições federais de ensino técnico que procurou um ensino dessa disciplina em consonância com a formação profissional. O livro didático contribuiu na constituição do currículo. Apresentando os conteúdos curriculares em certa sequência e abordagem, a coleção de Iezzi et al. foi utilizada por mais de vinte anos nas aulas da disciplina. Em cada aula de Matemática, os discentes do curso participavam da construção da prática curricular. O aluno ocupava um espaço privilegiado no qual podia cursar as disciplinas técnicas e as de cultura geral, estabelecendo relações entre as mesmas. Em conformidade com a pesquisa, foi elaborado um produto educacional histórico. Trata-se de um livro a respeito dos currículos de Matemática do curso técnico em Estradas que contém subsídios e indicações para, por exemplo, futuras propostas curriculares.

ABSTRACT: This historical study investigates the Mathematics curriculum of the Technical Course Estradas, of the Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), in the period of 60’s, 70’s and 80’s. The objective of the research is to discuss the social construction of this Mathematics curriculum since its creation until the transformations that were consolidating in the following two decades. In order to reach the proposed objective, the following methodological strategies were used: bibliographic research; analysis of historical sources considering the information contained in the curricula of Mathematics, textbooks, minutes of meetings, newspapers and other vestiges; semi-structured interviews with Mathematics teachers of the Technical Course Estradas and alumni who provided narratives relevant to the research. Under the theoretical contribution of Le Goff, the constitution of the present work occurred in the interweaving between the memories of the deponents and the vestiges of the past found during the investigation. The discussion of curriculum is based in the theoretical considerations of Goodson and Sacristán. The curriculum is understood as a social construction that has a theoretical dimension (prescribed curriculum) and a practice (active curriculum). It was possible to verify that many subjects were involved in the social construction of this curriculum. The institution had educational purposes before the society that changed. It went from a model that prioritized education and character formation through work, in a Taylorist-Fordist paradigm, to another in which the domain of science, technology, and intellectual autonomy to solve problems were demanded. Thus, Mathematics became more relevant and another pedagogy emerged within the walls of the school. The research pointed to an approximation between the Mathematics curriculum of the Technical course Estradas and the curriculum of the regular school. Teachers were also relevant in this social construction. Even in times of technicality, where planning and control were rigid, teachers found ways to play the role of curriculum builders with creativity and protagonism. This role is evident in a movement of teachers of mathematics of the federal institutions of technical education that sought a teaching of this discipline in consonance with the professional formation. The textbook contributed to the constitution of the curriculum. By presenting the curricular contents in a certain sequence and approach, the collection of Iezzi et al. was used for more than twenty years in the classes of the discipline. In each Mathematics class, the students of the course participated in the construction of curricular practice. The student occupied a privileged space in which he could study the technical disciplines and those of general culture, establishing relations between them. According to the research, a historical educational product was developed. It is a book about mathematics curricula of the technical course Estradas that contains subsidies and indications for, for example, future curricular proposals.


Colecciones: