Educação na cidade e teatro de rua : uma experiência de viagem formativa teatralizada

Mesquita, Wyller Villaças Siqueira (2023)

dissertação de mestrado

RESUMO: Este texto apresenta pesquisa oriunda de investigação vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação na Cidade e Humanidades GEPECH/IFES, ligado ao Programa de Pós-graduação em Ensino de Humanidades (PPGEH). O referencial teórico da pesquisa está alinhado ao materialismo histórico-dialético e conta ainda com um conjunto de autores de distintos campos do conhecimento que desenvolveram suas teorias inspirados nos pressupostos marxianos, a saber: Lefebvre, Vigotski, Moura, Brecht, Boal e Koudela. Especificamente para os estudos sobre o teatro de rua toma-se como referência os seguintes autores: Jussara Trindade, Licko Turle, Narciso Telles, André Carreira, Alexandre Mate, entre outros. Define como objeto de pesquisa o teatro de rua e tem em vista responder a seguinte questão: Qual o potencial do teatro de rua como recurso para projeto de educação na cidade? Para isso definiu-se como lócus de pesquisa o Morro da Piedade. A partir dessa definição foi elaborado um estudo sobre a localidade e delimitado um roteiro de espaços vividos pelos moradores para realizar a ação de uma viagem formativa de educação na cidade. A Viagem Formativa realizada e analisada na pesquisa trata-se de uma nova proposta denominada de Viagem Formativa Teatralizada, estruturada dialeticamente nos pressupostos do teatro de rua; do teatro político a partir de Brecht, Boal e Koudela e da educação na cidade. A Viagem Formativa Teatralizada, constitui-se como uma proposta de modelo de ação no qual o roteiro dramatúrgico (texto) é aberto ao jogo de aprendizagem coletivo, produzido pelos participantes na vivência da encenação teatral. Nesse jogo de produção da obra teatral são problematizados coletivamente os conflitos e contradições da realidade (do Morro da Piedade), produzindo a partir da ação épico-dialética novos conhecimentos que superam a visão de aparência preconcebida do local. Com os dados da pesquisa foi possível constatar a potencialidade da linguagem do teatro de rua, assumido com intencionalidade numa perspectiva crítica, como instrumento que colabora para o desenvolvimento e promoção da educação na cidade. Assim, a proposta de Viagem Formativa Teatralizada desenvolvida na pesquisa refere-se a outra forma de ação que possibilita uma vivência de educação estética na/com a cidade. Essa modalidade amplia as possibilidades de uma educação crítica, plena, inclusive no campo da formação continuada de professores da educação básica. Nesse sentido, para subsidiar processos formativos com professores, foi produzido como produto educativo um vídeo de registro da Viagem Formativa Teatralizada feita ao Morro da Piedade.


Colecciones: