O sociointeracionismo como mecanismo de suporte para o ensino de ciências por investigação aplicado à educação de jovens e adultos : uma abordagem dinâmica, que oportuniza para jovens e adultos a inclusão numa construção dialógica de conceitos físicos relacionados a temática óptica da visão

Caus, Wenderson Romeu (2017)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Neste trabalho - desenvolvido junto a duas turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA –2º Segmento)num total de 60 alunos - buscou-se estudar na forma de uma pesquisa qualitativa, por aspectos que pudessem apontar para o desenvolvimento dos conteúdos nas dimensões: conceitual, atitudinal e procedimental objetivados por nós para esse público. Nesse sentido, uma nova perspectiva de ensino foi lhes apresentada, contento elementos importantes dentro da visão construtivista, a fim de que, os conhecimentos prévios adquiridos ao longo de suas vidas juntamente com uma construção mais dialógica dentro do processo ensino-aprendizagem, os auxiliassem na apropriação dos conceitos físicos e seus significados, assim como, numa forma de potencializar as aprendizagens atitudinal e procedimental. A metodologia, assim como, os recursos utilizados são embasados no Ensino de Ciências por Investigação e, na teoria sociocultural de Vygotsky, importante, pois trata das relações sociais entre os alunos e, da sua importância na construção coletiva do conhecimento. Para nossa abordagem, foi construído uma Unidade de Ensino –Produto da Pesquisa –na forma de uma Sequência de Atividades Investigativas (SEI), sobre a temática Óptica da Visão, contemplando como estrutura para a resolução das suas questões aspectos do Laboratório Aberto. Este estudo de caso, foi fundamentado nas análises do Diário de Campo e, dos Planos de Investigação, como ferramentas pedagógicas para nos mostrar como ocorreu a construção dessas novas aprendizagens. Como artifício importante na nossa análise a partir do Diário de campo, buscou-se uma classificação apropriada para o conteúdo dos discursos mantidos pelos alunos ao longo da investigação, ao passo que, a categorização dos planos de investigação nos trouxe evidências em como se desenvolveu a construção dos conceitos científicos. A partir dessas análises, tivemos a possibilidade de aferir o sentido de uma construção mais social na aprendizagem dos conteúdos conceitual, atitudinal e procedimental. Como resultado desse trabalho, foi possível verificar êxitos no desenvolvimento dos conteúdos estimulados e, a complexidade do processo que leva a apropriação dos conceitos científicos, uma vez que, esses alunos jovens e adultos já trazem consigo construções dos conceitos físicos de forma cotidiana como efeito de suas relações sociais e culturais. O Ensino de Ciências por Investigação se mostrou ferramenta importante na construção desses conteúdos, uma vez que possibilitou ao aluno da EJA a inserção num ambiente que simule as práticas desenvolvidas em laboratórios de pesquisa, estimulando a promoção de interações discursivas e, contribuindo no seu desenvolvimento intelectual, quando lhe possibilita o contato com uma cultura científica.

ABSTRACT: In this work - developed with two classes of Youth and Adult Education (EJA -2nd Segment) in a total of 60 students - we sought to study in the form of a qualitative research, for aspects that could point to the development of contents in the dimensions: Conceptual, attitudinal and procedural objectives we have set for this audience. In this sense, a new perspective of teaching was presented to them, content important elements within the constructivist vision, so that the previous knowledge acquired throughout their lives together with a more dialogic construction within the teaching-learning process, aided them in the appropriation Of physical concepts and their meanings, as well as in a way to enhance the attitudinal and procedural learning. The methodology, as well as the resources used, are based on the Teaching of Science by Research and, in Vygotsky's sociocultural theory, important, because it deals with the social relations between students and their importance in the collective construction of knowledge. For our approach, a Teaching Unit -Research Product -was constructed as a Sequence of Investigative Activities (SEI), on the topic of Optical Vision, contemplating aspects of the Open Laboratory as a structure for solving itsissues. This case study was based on board note's analysis and the Research Plans as pedagogical tools to show us how the construction of these new learning occurred. As an important artifice in our analysis from the on board note's, an appropriate classification was sought for the content of the speeches maintained by the students throughout the investigation, whereas, the categorization of the research plans brought us evidence on how the Construction of scientific concepts. From these analyzes, we had the possibility to gauge the meaning of a more social construction in the learning of the conceptual, attitudinal and procedural contents. As a result of this work, it was possible to verify successes in the development of stimulated contents and the complexity of the process that leads to the appropriation of scientific concepts, since these young students and adults already carry with them constructions of the physical concepts in a daily way as a Their social and cultural relations. The Teaching of Sciences by Research proved to be an important tool in the construction of these contents, since it allowed the student of the EJA the insertion in an environment that simulates the practices developed in research laboratories, stimulating the promotion of discursive interactions and contributing to their intellectual development, When it makes possible the contact with a scientific culture.