Sala de aula invertida

Oliveira, Weverthon Lobo de (2023-06-07)

tcc

RESUMO:O projeto de sala de aula invertida na disciplina de Cálculo I para os alunos de Engenharia Mecânica tem por objetivo promover uma abordagem inovadora no processo de aprendizagem, chamada de metodologia de ensino sala de aula invertida. Por outro lado, salientamos que a metodologia adotada para a pesquisa que ora apresentamos foi a qualitativa, na perspectiva do estudo de caso. Durante a implementação da sala de aula invertida, serão disponibilizadas videoaulas e materiais complementares aos alunos antes das aulas presenciais, com o objetivo de permitir que eles tenham contato prévio com o conteúdo teórico, e por fim, analisar o desempenho dos alunos ao longo do semestre. Essa abordagem visa criar um ambiente mais interativo e participativo durante as atividades em sala de aula, onde os estudantes podem aplicar os conhecimentos adquiridos, resolver problemas práticos e esclarecer dúvidas com o auxílio do professor. Os resultados observados indicam que os alunos têm demonstrado interesse e engajamento ao assistir às videoaulas. A possibilidade de revisar o conteúdo e avançar em seu próprio ritmo tem sido apreciada pelos estudantes. Além disso, a sala de aula invertida tem proporcionado um maior espaço para a discussão e o aprofundamento dos temas, estimulando o desenvolvimento de habilidades analíticas e de resolução de problemas. No entanto, alguns desafios têm sido identificados ao longo da implementação dessa abordagem. Alguns alunos relatam dificuldades na leitura de livros e materiais complementares, o que pode afetar a compreensão dos conceitos e uma parcela dos estudantes tem manifestado preferência pelo modelo tradicional de aula, onde o professor desempenha um papel mais ativo na transmissão do conhecimento. Por fim, a abordagem permite uma maior interação e participação dos alunos, estimulando o aprendizado ativo e a aplicação prática dos conhecimentos. No entanto, é necessário fornecer apoio adequado aos estudantes que enfrentam dificuldades na leitura dos livros da disciplina e promover um ambiente de aprendizagem que atenda às diferentes preferências e estilos de aprendizado, por meio de vídeos, livros e momentos de tirar dúvidas.

ABSTRACT: The flipped classroom project in the Calculus I course for Mechanical Engineering students aims to promote an innovative approach to the learning process, called the inverted class-room teaching methodology. On the other hand, we emphasize that the methodology adopted for the research that we now present was qualitative, from the perspective of the case study. During the implementation of the flipped classroom, video lessons and supplementary mate-rials will be made available to the students prior to the in-person classes, with the objective of allowing them to have prior contact with the theoretical content and, ultimately, analyz-ing the students' performance throughout the semester. This approach seeks to create a more interactive and participatory environment during classroom activities, where students can apply acquired knowledge, solve practical problems, and clarify doubts with the assistance of the teacher. The observed results indicate that students have shown interest and engage-ment in watching the video lessons. The possibility of reviewing the content and progressing at their own pace has been appreciated by the students. Additionally, the flipped classroom has provided a larger space for discussion and in-depth exploration of topics, stimulating the development of analytical and problem-solving skills. However, some challenges have been identified during the implementation of this approach. Some students report difficulties in reading books and supplementary materials, which can affect their understanding of the con-cepts, and a portion of the students have expressed a preference for the traditional lecture model, where the teacher plays a more active role in knowledge transmission. Ultimately, this approach allows for greater interaction and participation of students, stimulating active learning and the practical application of knowledge. However, it is necessary to provide ap-propriate support to students who face difficulties in reading the course books and to pro-mote a learning environment that accommodates different preferences and learning styles through videos, books, and question-and-answer sessions.


Coleções: