Identidades ocupacionais e autopercepções sobre gestão e liderança: análise das narrativas de gestores de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia

Leal, Renata Prucoli (2023)

dissertacao_mestrado

RESUMO: O objetivo deste estudo foi compreender a construção da trajetória e autopercepções sobre gestão e liderança no contexto escolar. Para isso, foi realizada uma pesquisa com lideranças do Instituto Federal do Espírito Santo e os sujeitos são os servidores efetivos da Instituição ocupantes de funções gerenciais com atribuições administrativas e pedagógicas, concomitantemente. A produção dos dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas e organizadas em torno de três grandes eixos temáticos (identidade, gestão e liderança). Os dados foram tratados, codificados e categorizados usando o Atlas TI Software. Com relação à análise dos dados, foi utilizada a teoria da identidade narrativa para embasar a discussão do fenômeno e o processo de análise de narrativas. O estudo amplia a teorização sobre os processos da identidade narrativa e identidade ocupacional. Ele também contribui com a literatura sobre gestão escolar e como os indivíduos que compõem a gestão entendem seus papeis baseados em suas interpretações pessoais sobre a instituição e sobre si próprios acerca dos aspectos de gestão e liderança. Os resultados apontaram que a identidade organizacional se molda com as vivências individuais. De modo geral, as pessoas entrevistadas se reconhecem como boas gestoras, porém, demonstram a necessidade de formações para gestão e liderança. Do ponto de vista prático, os resultados encontrados podem auxiliar as instituições de ensino superior a implantarem disciplinas voltadas para gestão e liderança em seus currículos, as organizações para que invistam em capacitações e formações continuadas para as equipes de trabalho e os próprios servidores a buscarem, mesmo que individualmente, capacitações de liderança e gestão.

ABSTRACT: The objective of this study was to understand the construction of the trajectory and self-perceptions about management and leadership in the school context. For this, a survey was carried out with directors of the Federal Institute of Espírito Santo and the subjects are the effective servants of the Institution occupying managerial functions with administrative and pedagogical attributions, concomitantly. Data production was carried out through semi-structured interviews and organized around three major thematic axes (identity, management and leadership). The data were treated, coded and categorized using the Atlas TI Software. With regard to data analysis, the theory of narrative identity was used to support the discussion of the phenomenon and the process of analyzing the narratives. The study expands the theorization about the processes of narrative identity and occupational identity. It also contributes to the literature on school management and how the individuals who make up management understand their roles based on their personal interpretations of the institution and themselves in relation to aspects of management and leadership. The results showed that organizational identity is shaped by individual experiences. In general, the people interviewed recognize themselves as good managers, but demonstrate the need for training for management and leadership. From a practical point of view, the results found can help universities to implement disciplines focused on management and leadership in their curricula, organizations to invest in training and continuing education for work teams and the servers themselves to seek, even individually. , leadership and management skills.


Coleções: