Ecossistema de inovação: nível de colaboração e transferência de conhecimento entre as instituições

Nascimento, Sandro de Freitas (2023)

livro

Por se tratar de uma investigação suportada pelo método estudo de caso múltiplo, o corpus da pesquisa é formado por gestores dos polos de inovação credenciados pela Embrapii representando a academia, empresários com projetos desenvolvidos em parceria com o polo, um superintendente de inovação vinculado ao governo e, finalmente, um presidente de uma incubadora com ampla representatividade na sociedade. Os quatro polos de inovação Embrapii selecionados, conforme critérios definidos neste trabalho, são: Fortaleza (estado do Ceará), Campos dos Goytacazes (estado do Rio de Janeiro), Florianópolis (estado de Santa Catarina) e Sul de Minas Gerais. Frente à necessidade de reunir distintas fontes de evidência, combinam-se elementos típicos da pesquisa bibliográfica, documental e de campo. A pesquisa de campo é de caráter intensiva, com a realização de entrevistas semiestruturadas. Há expectativas de que a contribuição prática da investigação seja a identificação de aspectos fundamentais (facilitadores e dificultadores) na colaboração entre universidade-empresa-governo, sociedade e meio ambiente, considerando as unidades sociais de estudo privilegiadas. Os resultados podem ser replicados no aprimoramento da gestão do conhecimento nos polos que venham a utilizar as mesmas parcerias.