Show simple item record

USO DE UM SMARTPHONE EM PROCEDIMENTOS FORENSES: DOCUMENTOSCOPIA

dc.contributor.advisorRomão, Wanderson
dc.contributor.authorVittorazzi, Bruno Vicentini
dc.date.accessioned2023-09-05T14:39:14Z
dc.date.available2023-09-05T14:39:14Z
dc.date.issued2022
dc.identifier.citationVITTORAZZI, Bruno Vicentini. Uso de um smartphone em procedimentos forenses: documentoscopia. 2022. 41 f. TCC (Graduação em Química Industrial) - Instituto Federal do Espírito Santo, Campus Vila Velha, Vila Velha, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/3620
dc.description.abstractUtilizando análise de imagens digitais por meio de um aplicativo de smartphone, aliado a ferramentas quimiométricas, este trabalho se propõe a identificar a autenticidade de cédulas de Real. Cédulas autênticas foram adquiridas em banco local, e falsificações foram reproduzidas pelo autor em impressoras comerciais de três tipos (laser-Deskjet, cera-Color Qube, e jato de tinta-Deskjet) para desenvolvimento da metodologia. Realizou-se a otimização do planejamento experimental determinando: a melhor região da cédula; região de interesse; distância focal e variação do smartphone. A melhor região da cédula corresponde às microimpressões da efígie e em torno do animal. Uma região de interesse de 16x16 pixels se mostrou mais promissora e a distância focal foi mantida em 10cm. A partir da otimização, foi realizada a separação e identificação das cédulas de R$10, 20, 50 e 100. Assim, o aplicativo apresenta ser promissor para análise de autenticidade de cédulas por imagens digitais, por meio de uma metodologia rápida, não destrutiva, portátil, de baixo custo e acessível.pt_BR
dc.description.abstractUsing digital image analysis through a smartphone application, combined with chemometric tools, this work aims to identify authenticity of Real banknotes. Authentic banknotes obtained in local bank, and falsified are reproduced on a printer of three types (laser-Deskjet, wax-Color Qube, and inkjet-Deskjet) were used to develop the methodology. Optimization for experimental design was carried out by determinating: best banknote region; region of interest; focal length and smartphone range. Best region of banknote corresponds to microprints of effigy and around animal. A region of interest of 16x16 pixels showed more promise results and focal length was kept at 10cm. From optimization, separation and identification of banknotes R$10, 20 50 and 100 was performed. Thus, the application shows to be promising for analyzing the authenticity of banknotes by digital image, through a fast, non-destructive, portable, low-cost and accessible methodology.pt_BR
dc.format.extent41 f.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.rightsacesso_abertopt_BR
dc.subjectcédulaspt_BR
dc.subjectimagem RGBpt_BR
dc.subjectPCApt_BR
dc.subjectsmartphonept_BR
dc.titleUSO DE UM SMARTPHONE EM PROCEDIMENTOS FORENSES: DOCUMENTOSCOPIApt_BR
dc.typetccpt_BR
dc.publisher.localVila Velhapt_BR
ifes.campusCampus_Vila_Velhapt_BR
ifes.advisor.latteshttp://lattes.cnpq.br/9121022613112821pt_BR
ifes.course.undergraduateBacharelado em Química Industrial
dc.contributor.memberSantos, Nayara Araujo dos
dc.contributor.memberBorghi, Flávia Tosato
ifes.advisor.orcidhttps://orcid.org/0000-0002-2254-6683pt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record