Identificação de parasitos em Balistes Capriscus no Litoral Sul do Espírito Santo, Brasil.

Fósse, Kaynan Moura (2023)

tcc

RESUMO: O estado do Espírito Santo possui cerca de 5% da costa brasileira e apresenta significativa representatividade dos ecossistemas costeiros e, de uma forma geral, a atividade pesqueira é desenvolvida com a ausência de informações ecológicas e biológicas. Várias comunidades de pescadores do Espírito Santo possuem o peroá (Balistes capriscus) como sua principal fonte de renda. Dessa forma, a identificação de parasitos nesta espécie de peixe se faz necessária, em função da sua relevância regional, com atenção à saúde dos consumidores. O objetivo deste trabalho foi realizar a identificação dos parasitos de ocorrência em B. capriscus, a fim de produzir informações que corroborem a melhoria das questões sanitárias que envolvem este pescado. Os peixes utilizados neste estudo foram obtidos a partir de embarcações pesqueiras dos municípios de Guarapari e Piúma, e de peixarias do município de Piúma e examinados para observação de parasitos, sendo os espécimes coletados e acondicionados adequadamente em frascos, contendo solução fixadora, para posterior identificação. Examinou-se 188 exemplares de B. capriscus, destes, 82 peixes estavam parasitados, sendo coletados um total 694 exemplares de endoparasitos. Dos 694 parasitos coletados nos 82 peixes, 88% estavam na cavidade celomática, totalizando 613 espécimes, em segundo veio o fígado, com 42 espécimes, seguido do peritônio do intestino (19), peritônio do estômago (15), peritônio da gônada (05). Todos os exemplares coletados foram compatíveis morfologicamente com formas larvais (blastocistos e plerocercos) de cestoides da Ordem Trypanorhyncha, coletados nos diferentes sítios de infecção. As formas larvais apresentaram características morfológicas compatíveis com o gênero Callitetrarhynchus sp., que apesar possuir baixo risco zoonótico, pode comprometer o valor comercial do pescado. Levando em consideração os resultados obtidos, é notória a importância do levantamento dos parasitos de peroá (B. capriscus), dada a abundância encontrada, em termos quantitativos, desses parasitos nos peixes da região.

ABSTRACT: The State of Espírito Santo has about 5% of the Brazilian coast and presents a significant representation of coastal ecosystems and, in general, fishing activity is carried out with the absence of ecological and biological information, which makes it difficult to implement conservation measures to these environments. Several fishing communities in Espírito Santo have triggerfish (Balistes capriscus) as their main source of income. Thus, the identification of parasites in this fish species is necessary,due to its regional relevance, with attention to the health of consumers. The objective of this work was to carry out the identification of the parasites that occur in B. capriscus,in order to produce information that corroborates the improvement of the sanitary issues that involve this fish. The fish used in this study were obtained from fishing vessels in the municipalities of Guarapari and Piúma, and from fishmongers in the municipality of Piúma. The fish were examined for the observation of parasites, and the specimens were collected and properly packed in flasks containing a fixative solution for later identification. A total of 188 specimens of B. capriscus were examined, of which 82 fish were parasitized, a total of 694 specimens of endoparasites being collected. Of the 694 parasites collected in the 82 fish, the vast majority were removed from the coelomic cavity, totaling 613 specimens, second came the liver, with 42 specimens, followed by the intestine peritoneum (19), stomach peritoneum (15), gonadperitoneum (05). All specimens collected were morphologically compatible with larval forms (blastocysts and plerocerci) of cestodes of the Order Trypanorhyncha, collectedat different sites of infection. The larval forms have morphological characteristics compatible with the genus Callitetrarhynchus. Although this genus has no obvious zoonotic risk, it can compromise the commercial value of the fish, in addition to the allergenic potential for consumers of infected fish. Taking into account the results obtained, the importance of surveying triggerfish (B. capriscus) parasites is evident, given the abundance found, in quantitative terms, of these parasites in the southern region of the state of Espírito Santo.


Collections: