METODOLOGIA PEER INSTRUCTION MODIFICADA APLICADA AO ENSINO DE TERMODINÂMICA

Tessaro, Geraldo Novaes (2023)

tcc

O presente trabalho identificou as principais dificuldades dos estudantes de graduação do Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Vila Velha, na disciplina de Físico-Química I e estudou a aplicação do Peer Instruction durante um semestre, uma metodologia ativa criada por Eric Mazur e de grande destaque internacional, que possui escassez de estudos de sua implementação na área específica de físico-química. Para alcançar o objetivo foram usados questionários, testes conceituais e um teste sobre termodinâmica. Dificuldades relacionadas a disciplina de cálculo e ausência de uma rotina de estudos, foram os principais pontos que influenciaram negativamente o aprendizado dos estudantes no conteúdo de termodinâmica. A implementação do Peer Instruction desenvolveu nos alunos a compreensão da importância de manter um hábito de estudos e estimulou a interação social entre alunos dos cursos de Licenciatura em Química e Química Industrial. A conduta dos estudantes se transformou e deixou de ser um ambiente onde o aluno era apenas um ouvinte passivo e se tornou um agente do seu próprio aprendizado, desenvolvendo uma autonomia em seus estudos e utilizando do conhecimento em maturação para discutir ideias com os colegas e aprender em um ambiente de socialização dos saberes, propiciando uma compreensão mais profunda sobre os conceitos abordados em sala. Os dados quantitativos foram calculados a partir do ganho de Hake, e os valores obtidos no teste termodinâmico são comparáveis a estudos internacionais que comparam a utilização de metodologias ativas em contrapartida ao método tradicional de ensino. Como dados qualitativos, foram observados a aprovação e a satisfação dos estudantes que participaram do estudo, que destacaram como etapas imprescindíveis para o aprendizado dos conceitos de físico-química I a leitura prévia, testes conceituais e a discussão em dupla, todas etapas presentes na metodologia Peer Instruction.

This study identified the main difficulties faced by undergraduate students at the Federal Institute of Espírito Santo - Vila Velha Campus in the subject of Physical Chemistry I and investigated the application of Peer Instruction over one semester. Peer Instruction, an active learning methodology created by Eric Mazur and internationally renowned, has been sparsely studied in the specific field of physical chemistry. Various data collection methods, including questionnaires, conceptual tests, and a thermodynamics test, were employed to achieve the objective. Difficulties related to previous subjects and the absence of a study routine were identified as the primary factors negatively influencing students' learning of thermodynamics content. The implementation of Peer Instruction fostered students' understanding of the importance of maintaining a study habit and stimulated social interaction among students from different chemistry courses. The students underwent a transformation, shifting from a passive listening environment to one where students became agents of their own learning, developing autonomy in their studies and utilizing maturing knowledge to discuss ideas with peers and learn in a collaborative knowledge-sharing setting, thereby facilitating a deeper comprehension of the concepts covered in class. Quantitative data analysis involved calculations based on Hake's gain, and the values obtained in the thermodynamics test are comparable to international studies that compare the use of active learning methodologies against traditional teaching methods. As for qualitative data, the approval and satisfaction of participating students were observed, with prereading, conceptual tests, and paired discussions highlighted as indispensable steps for learning the concepts of Physical Chemistry I, all of which are integral to the Peer Instruction methodology.


Colecciones: