Escola no Campo e as Limitações do Aprendizado no Ensino de Matemática

Hermínio, Celiandra Berçaco (2022-12-15)

tcc

RESUMO: Esta pesquisa se configura como um estudo de caso, realizado em uma instituição de Educação Infantil e Ensino Fundamental, localizada na zona rural do município de Muqui – Espírito Santo. O principal objetivo do estudo foi verificar as causas das limitações do aprendizado de alunos do 6° ao 9° ano na disciplina de matemática, na Escola Fortaleza, situada no campo. Os dados para a análise foram coletados mediante entrevistas, observações e estudo de documentos, contando com o envolvimento e a colaboração de toda a comunidade escolar, ou seja, alunos, pais/responsáveis, professora de matemática regente nessas quatro turmas e demais docentes da instituição. A coleta de informações baseou-se no cotidiano dos alunos dentro e fora da escola, buscando conhecer as vivências socioculturais, econômicas e familiares, para melhor compreender os motivos do déficit do aprendizado. Constatou-se, então, que os discentes pesquisados indicam não gostar de matemática por não conseguirem compreender e relacionar os conteúdos ensinados com as suas vivências do dia a dia na comunidade campesina. Os resultados da pesquisa implicam a necessidade de uma proposta de mudança na metodologia e didática na disciplina de matemática, para que, assim, haja um processo de ensino e aprendizagem mais efetivo.

ABSTRACT: This investigation is configured as a case study, carried out in an early childhood education and elementary education institution, situated in the municipality of Muqui, state of Espírito Santo. The study aimed to verify the causes of learning limitations in mathematics for students from 6th to 9th grade at Fortaleza School, located in the rural area. Data for analysis were collected through interviews, observations and study of documents, with the involvement and collaboration of the entire school community, that is, students, parents/guardians, the mathematics teacher responsible for the four groups and other teachers at the institution. The information was based on the students' daily life inside and outside the school, seeking to know the socio-cultural, economic and family experiences, in order to better understand the reasons for the learning deficit. It was found that the students indicate that they do not like mathematics because they are unable to understand and relate the contents taught with their day-to-day experiences in the peasant community. The research results imply the need for a proposal for a change in methodology and didactics in the subject of mathematics, for a more effective teaching and learning process.


Coleções: