Show simple item record

Formação docente, vivências cotidianas no trabalho e processos de subjetivação entre professores do Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Vitória

dc.contributor.advisorFigueiredo, Gustavo de Oliveira
dc.contributor.authorRodrigez, Breno Lima
dc.date.accessioned2023-02-09T12:01:02Z
dc.date.available2023-02-09T12:01:02Z
dc.date.issued2022
dc.identifier.citationRODRIGUEZ, Breno Lima. Formação docente, vivências cotidianas no trabalho e processos de subjetivação entre professores do Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Vitória. 2022. 375 f. Tese (Doutorado) - Pós graduação em Educação em Ciências e Saúde, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/2872
dc.description.abstractRESUMO: A tese aborda os processos de formação, trabalho e subjetivação entre professores do Ensino Médio em uma escola pública federal - Instituto Federal do Espírito Santo. Com o objetivo de investigar e refletir como tais processos marcam e dirigem a constituição de docentes na educação profissional. Uma mostra de dez professores que atuam no campus Vitória compõe-se como parceiros colaboradores na pesquisa, atores e atrizes que escutamos em longas conversações mediadas por entrevistas semiestruturadas. As formas pelas quais eles construíram e constroem suas práticas docentes revelam a docência como um território existencial e relacional. A partir de um referencial pós-estruturalista que compreende a escola não como um lugar formatado por uma identidade fixa, mas portadora de incontáveis fluxos que se atravessam e possibilitam a constituição de encontros que emanam potência, vida e resistência aos processos de governamentalidade neoliberal e suas tentativas de dominação dos sujeitos. Na mesma perspectiva, a ideia de uma identidade docente, única é homogênea, é desconstruída, possibilitando compreender esses sujeitos como portadores de experiências formativas pessoais, além de suas vivências do trabalho cotidiano na escola, fortalecendo a noção da escola como um lugar múltiplo. A partir da relação estabelecida com os dez professores colaboradores, os resultados revelam as tramas que entrelaçam a trajetória da formação docente de cada um como sujeito às práticas cotidianas no trabalho. interpretamos possíveis estratégias de resistência aos avanços neoliberais que atravessam as políticas de educação. A constituição da subjetividade do professor é tecida nas relações que tecem em suas vivências. A partir de uma análise dos relatos e discursos de si, com inspiração foucaultiana, foi possível entrever as aproximações e afastamentos entre os discursos desses professores e as potências na/da/para novas possibilidades na escola.pt_BR
dc.format.extent375 f.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.rightsacesso_abertopt_BR
dc.subjectEducação Públicapt_BR
dc.subjectEnsino Médiopt_BR
dc.subjectFormação Docentept_BR
dc.subjectProcessos de Subjetivaçãopt_BR
dc.subjectMichael Foucaultpt_BR
dc.titleFormação docente, vivências cotidianas no trabalho e processos de subjetivação entre professores do Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Vitóriapt_BR
dc.typetese de doutoradopt_BR
dc.publisher.localRio de Janeiropt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)pt_BR
ifes.author.latteshttp://lattes.cnpq.br/5876366177694016pt_BR
dc.description.affiliationIfesCampus_Vitoriapt_BR
dc.identifier.capes31001017090P7pt_BR
dc.contributor.memberFerreira, Márcia Serra
dc.contributor.memberBocchetti, André
dc.contributor.memberSilva, Andrea Costa da
dc.contributor.memberVermelho, Sônia Cristina Soares Dias
dc.degree.programPrograma de Pós - Graduação em Educação de Ciências e Saúdept_BR
dc.degree.knowledgeAreaEnsinopt_BR
dc.degree.researchAreaTecnologia Educacional para a Saúdept_BR
ifes.author.orcidhttps://orcid.org/0000-0002-3283-2974pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record