Literatura e humanidade na educação infantil : uma leitura contra-hegemônica de padrões e valores da sociedade

Reis, Lorena Nascimento Gustavo dos (2022)

Dissertação de Mestrado

RESUMO: Esta pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Humanidades, do Instituto Federal do Espírito Santo - Campus Vitória, é uma reflexão baseada em práticas de leitura literária mediadas pelo professor, desenvolvidas na Educação Infantil pública do município de Aracruz - ES. Entendendo-se que é importante iniciar na Educação Infantil um trabalho com literatura voltado para a humanidade da criança, a fim de implicar sua qualidade de vida, o desenvolvimento individual e suas práticas sociais. A pesquisa teve o objetivode propor estratégias para trabalhar a humanidade da criança e provocar reflexões contra padrões hegemônicos, a partir da leitura literária na EducaçãoInfantil. Nessa perspectiva, recorremos a autores como Candido (1995), Freire (2000), Abramovich (1991), Coelho (2000), Zilberman (2003), Petit (2006) entreoutros para construir uma fundamentação teórica sobre leitura e literatura; e utilizamos Franchi (1988), Rezende (2008) entre outros para orientar a abordagem epilinguistica que norteou as oficinas de leitura, usadas com os alunos nas operações de linguagem. Quanto ao aspecto metodológico, a pesquisa pode ser caracterizada como uma investigação qualitativa inspirada na pesquisa participante, conforme defendida por Brandão (1998). O resultado da pesquisa foi um produto educacional em forma de E-book, com propostas de leitura literária para a EducaçãoInfantil voltadas à desconstrução de valores hegemônicos.

ABSTRACT: This research developed in the Postgraduate Program in Teaching of Humanities, from the Federal Institute of Espírito Santo - Campus Vitória, is a reflection based on practices of literary reading mediated by the teacher, developed in public Early Childhood Education in the city of Aracruz - ES. Understanding that it is important to start in Early Childhood Education a work with literature aimed at the humanity of the child, in order to imply their quality of life, individual development and their social practices. The research aimed to investigate strategies to work on the humanity of the child and provoke reflections against hegemonic standards, from the literary reading in Early Childhood Education. In this perspective, we turn to authors such as Candido (1995), Freire (2000), Abramovich (1991), Coelho (2000), Zilberman (2003), Petit (2006) among others to build a theoretical foundation on reading and literature; and we used Franchi (1988), Rezende (2008) among others to guide the epilinguistic approach that guided the reading workshops, used with students in language operations. Regarding the methodological aspect, the research can be characterized as a qualitative investigation inspired by participatory research, as defended byBrandão (1998). The result of the research was an educational product in the form of an E-book, with proposals for literary reading for Early Childhood Education aimed at deconstructing hegemonic values.


Colecciones: