GAMIFICAÇÃO COMO ESTRATÉGIA PARA POTENCIALIZAR A APRENDIZAGEM DE QUÍMICA EM ESTUDANTES DA EJA.

Nascimento, Angela Cristina Cavaglieri do (2022)

dissertacao_mestrado

Na atualidade, é perceptível que as metodologias tradicionais de ensino têm tido pouca eficácia no processo de aprendizagem da disciplina de Química, considerando novo perfil dos alunos de Ensino Médio no segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA), caracterizados com perfil de estudantes heterogêneos que normalmente trabalham, têm filhos e estudam à noite. Contemplando esta demanda, com o objetivo de analisar a influência do uso da gamificação para potencializar a aprendizagem do ensino de Química para esse perfil. O trabalho apresenta uma prática educativa com metodologia de gamificação. Para aplicar essa prática desenvolvemos, como produto educacional, um almanaque, que consiste em um conjunto de desafios de Química em forma de jogos. Os desafios de Química têm o objetivo de auxiliar no processo de ensino e verificar a apropriação do conhecimento. Em resumo, o presente trabalho busca mostrar que metodologias ativas, como a gamificação, podem tornar o ensino de Química menos abstrato e mais engajador, colaborativo, significativo e atrativo aos olhos dos discentes com perfil da Educação de Jovens e Adultos.

Currently, it is noticeable that traditional teaching methodologies have had little effectiveness in the process of teaching and learning the discipline of inorganic chemistry considering the new profile of high school students in the Youth and Adult Education (EJA) segment, which are characterized as a profile of heterogeneous students who normally work, have children and study at night. Contemplating this demand, with the objective of analyzing the influence of the use of gamification to enhance the learning of chemistry teaching for this profile, this work presents an educational practice with a gamification methodology and an inverted classroom. To apply this practice, we developed an almanac as an educational product, which consists of a set of chemistry challenges in the form of games. These chemistry challenges are intended to help the teaching process and verify the appropriation of knowledge. In summary, this paper seeks to show that active methodologies such as gamification can make chemistry teaching less abstract and more engaging, collaborative, meaningful and attractive to students with a profile of youth and adult education.


Colecciones: