Show simple item record

PROPOSTA DE MELHORIA DA GESTÃO DE ESTOQUE EM UM FAST-FOOD

dc.contributor.advisorMedeiros, Rodrigo Loureiro
dc.contributor.authorLeopoldo, Bruna
dc.date.accessioned2022-09-14T15:26:19Z
dc.date.available2022-09-14T15:26:19Z
dc.date.issued2022-09
dc.identifier.citationABEPRO - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. Áreas e Sub áreas da Engenharia de Produção. Disponível em: <https://www.abepro.org.br/interna.asp?p=399&m=424&ss=1&c=362>. Acesso em: 4 mar 2019. ALVARENGA, A. C.; NOVAES, A. G. N. Logística aplicada: suprimentos e distribuição física. 3.ed São Paulo: Blucher, 2000. ARAÚJO, M.; QUEIROZ, J.; LIMA, J.; FERNANDES, G.; QUEIROZ, F.; FURUKAVA, M. Aplicação do ciclo PDCA na elaboração de um plano estratégico e implementação da curva ABC como ferramenta de suporte para o gerenciamento de estoques de uma distribuidora de alimentos hospitalares. Espacios, v. 37, n. 13, p. 1-7, 2016. BALLOU, R. H. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. 1.ed São Paulo: Atlas, 1992. BRANDALISE, L. Avaliação da sequência de conteúdos de administração de materiais no ensino de graduação. Revista eletrônica científica do CRA-PR, v.2, n.2, p. 62-83, 2014. BRYMAN, A. Barriers to integrating quantitative and qualitative research. Journal of Mixed Methods Research, v. 1, n. 8, 2007. CHING, H. Y. Gestão de estoques na cadeia de logística integrada: Supply Chain. São Paulo: Atlas, 2010. CONFEA - CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. RESOLUÇÃO Nº 235, DE 09 DE OUTUBRO DE 1975. Atividades profissionais do engenheiro, do arquiteto e do engenheiro agrônomo em termos genéricos, Rio de Janeiro, RJ, out 1975. Disponível em: < http://normativos.confea.org.br/downloads/0235-75.pdf >. Acesso em: set. 2019. DIAS, M. A. P. Administração de materiais: uma abordagem logística. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1993. GIANESI, I. G. N.; BIAZZI, J. L. Gestão estratégica dos estoques. RAUSP Management Journal, v. 46, n. 3, art. 6, p. 290-304, 2011 JUNIOR, A. P. S. et al. E-SCM and Inventory Management: A Study of Multiple Cases in A Segment of the Departament Store Chain. Journal of Information Systems and Technology Management, São Paulo, v. 08, n. 2, p. 367-388, 2011. 63 KOENIG, Armin et al. Previsão de demanda em series temporais intermitentes mediante a utilização do Método de Croston, 2014. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/132948>. Acesso em: 26 set. 2021. KULEVICZ, R. A. A Contribuição da Gestão de Estoques para Analise de Investimentos. Revista de Estudos Sociais, São Paulo, v. 04, n. 8, p. 16-36, 2002. LOPREDE ET AL., 2009, Gestão de estoque e a importância da curva ABC. Disponível em: <http://www.unisalesiano.edu.br/encontro2009/trabalho/aceitos/CC35509178809.pdf>. Acesso em: 27 de mar. 2019 MEIRINHOS, M.; OSÓRIO, A. O estudo de caso como estratégia de investigação em educação. Revista de educação, v. 2, n. 2, p.49-65, 2010. MENEGUINI, M.; ANZANELLO, M.; KAHMANN, A.; TORTORELLA, G. Ajuste de previsão de demanda quantitativa com base em fatores qualitativos: estudo de caso em um restaurante fast food. Sistemas & Gestão, v. 13, n. 1, p. 68.80, 2018. MIGUEL, P. A. Metodologia de pesquisa em Engenharia de Produção e Gestão de Operações. 2.ed. Rio de Janeiro: Elsevier: ABEPRO, 2012. MOREIRA, D. A. Administração de produção e operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2015. PACIEVITCH, Thais. Fast-Food. InfoEscola, versão online. Santa Catarina. [20--]. Disponível em: <https://www.infoescola.com/curiosidades/fast-food/> Acesso em: 10 out. 2021. PROVIN, D.; SELLITTO, M. Política de compra e reposição de estoques em uma empresa de pequeno porte do ramo atacadista de materiais para construção civil. Revista Gestão Industrial, v. 7, n. 2, p. 187-200, 2011. RECHATIKO, E. S; LEMOS, F.O. 2016, Comparação de políticas de revisão contínua e periódica de estoques com apoio de métodos de previsão de demanda. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STO_226_319_30099.pdf>. Acesso em: 27 de mar. 2019. RIBEIRO, L. F. M; “Fundamentos e bases da qualidade”. Engenharia da qualidade, Curso Engenharia Mecânica, Departamento de Tecnologia Unijui – RS, 2005. RIBEIRO, E.. Redes de fast-food vão faturar R$ 75 bilhões em 2018. Ig, 2018. Disponível em: <https://economia.ig.com.br/empresas/2013-11-18/redes-de-fast-food-vao-faturar-r-75- bilhoes-em-2018.html>. Acesso em: 27 de mar. de 2019. 64 ROSA, H.; MAYERLE, S.F.; GONÇALVES, M.B. 2010, Controle de estoque por revisão contínua e revisão periódica: uma análise comparativa utilizando simulação. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010365132010000400011&lan g=pt >. Acesso em: 27 de mar. 2019. SALOMÃO, Karin. 6 empresas de fast food que apostaram no Brasil em 2017. EXAME., janeiro, 2018. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/negocios/6-empresas-de-fast-food que-apostaram-no-brasil-em-2017/>. Acesso em: 27 de mar. 2019. VAGO, F.; SOUSA, C.; MELO, J.; LARA, J.; FAGUNDES, A.; SAMPAIO, D. A importância do gerenciamento de estoque por meio da ferramenta curva ABC. Sociais e humanas v. 26, n. 3, p. 638-655, 2013. SOUSA, P. Logística interna: o princípio da logística organizacional está na administração dos recursos materiais e patrimoniais (ARMP). Revista Científica FacMais, v. 2, n. 1, p. 1- 14, 2012. TADEU, H. F. B. Gestão de estoque: fundamentos, modelos matemáticos e melhores práticas aplicadas. São Paulo: Cengage Learning, 2011. YIN, R. Estudo de caso: Planejamento e Métodos. Porto Alegre, Bookman. 2005.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/2352
dc.description.abstractFast-food é sinônimo de comida rápida, surgiu na década de 1940 é um ramo diferenciado na prestação de serviços na área de alimentação, onde a padronização, a mecanização e a rapidez, além da garantia da procedência dos ingredientes, atraem os clientes, segundo pesquisas são instituições cada vez mais buscadas por pessoas para se alimentarem. Logo, este estudo tem como objetivo principal propor melhorias na gestão de estoques em um fast-food. Serão utilizados os seguintes eixos norteadores como objetivos específicos: Analisar a política de gestão de estoques atual da empresa estudada; desenvolver a classificação ABC dos insumos para identificar os itens que precisam ter níveis de estoque controlados constantemente e os que podem ser controlados em intervalos de períodos fixos; elaborar um plano de ação com sugestões de melhorias na gestão de estoque da empresa. A metodologia utilizada foi o estudo de caso, a pesquisa é baseada na análise do sistema de estoque da instituição, a fim de identificar pontos a serem melhorados. Através da aplicação da curva ABC para classificar os produtos, além do sistema de revisão periódica (Modelo P), possibilitou uma visão detalhada do cenário atual, identificando alguns pontos que podem ser melhorados. Palavras-chave: Gestão de estoque. Sistema de revisão periódica. Modelo P. Estudo de caso. Fast-food. Fast-food is synonymous with fast food, emerged in the 1940s and is a differentiated branch in the provision of services in the food area, where standardization, mechanization and speed, in addition to guaranteeing the origin of ingredients, attract customers, according to searches are increasingly sought by people to feed themselves. Therefore, this study aims to main proportions in stock management in a fast-food restaurant. The following guiding axes will be used as specific objectives: Analyze the current stock management policy of the studied company; develop an ABC classification of inputs to identify items that need to have constantly controlled inventory levels and those that can be controlled at fixed period intervals; Develop an action plan with suggestions for improvements in the company's stock management. The methodology used was the case study, a research is based on the analysis of the institution's stock system in order to identify points to be improved. Through the application of the ABC curve to classify the products, in addition to the periodic review system (Model P), it enabled a detailed view of the current scenario, identifying some points that could be improved. Keywords: Inventory management. Periodic review system. Model P. Case study, Fast-Foodpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.rightsacesso_restritopt_BR
dc.subjectGESTÃO DE ESTOQUEpt_BR
dc.subjectLOGÍSTICApt_BR
dc.titlePROPOSTA DE MELHORIA DA GESTÃO DE ESTOQUE EM UM FAST-FOODpt_BR
dc.typetccpt_BR
dc.description.affiliationIfesCampus_Cariacicapt_BR
ifes.course.undergraduateENGENHARIA DE PRODUÇÃO
dc.contributor.memberFaria, Luiz Henrique Lima
dc.contributor.memberLeal, Érika de Andrade Silva


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record