Ensino de ciências à luz da pedagogia histórico-crítica no contexto dos anos iniciais do ensino fundamental : potencialidades e desafios

Santos, Raqueline Brito dos (2015)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Nesta pesquisa foram investigadas práticas pedagógicas no contexto dos anos iniciais do Ensino Fundamental que tenham como foco o ensino de Ciências à luz dos pressupostos da pedagogia histórico-crítica (PHC) coadunados aos aportes da alfabetização científica. Tal interesse investigativo surge, mediante a reflexão sobre o preconizado em orientações oficiais para a alfabetização no Brasil e o materializado por meio de ações federais, municipais e prática em sala de aula. O estudo envolveu três professoras de uma escola municipal do município de Teixeira de Freitas, Bahia, atuantes no segundo ano do Ensino Fundamental e seus respectivos alunos e alunas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, teórico-empírica, descritiva realizada na perspectiva da pesquisa-ação. Os dados foram construídos por meio de observações in loco mediante questionário e entrevista semiestruturada, registros em diário de campo, ações pedagógicas elaboradas com as docentes e acompanhamento dessas ações com as crianças. A análise dos dados foi realizada por meio dos fundamentos teóricos, filosóficos e metodológicos da PHC imbricados em aportes da alfabetização científica. Este estudo teve seus fundamentos pautados principalmente em autores que preconizam uma pedagogia crítica para a educação: Áttico Chassot, Cecília Goulart, Dermeval Saviani, João Wanderley Geraldi, Lúcia Helena Sasseron, Ole Skovsmose e Paulo Freire. A análise dos dados apontou que práticas pedagógicas com o foco no ensino de Ciências respaldadas nos pressupostos metodológicos da PHC e em alguns aportes da alfabetização científica favorecem um ensino em uma perspectiva integral contribuindo para a formação de sujeitos críticos e participativos. Por meio das análises evidenciamos alguns desafios, que se apresentaram ao planejar e desenvolver práticas pedagógicas de acordo com o que foi defendido neste estudo investigativo: professores priorizam o ensino da Língua Portuguesa descontextualizado com o foco na apropriação da escrita alfabética, dificuldades apresentadas por eles ao desenvolverem práticas pedagógicas investigativas relativas à área de Ciências coadunadas a diversas áreas do conhecimento. A partir do percurso investigativo foi possível elaborar dois livros, que ficará disponível no site do EDUCIMAT, para professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental e demais interessados em um ensino diferenciado na alfabetização.

ABSTRACT: This present research explore pedagogical practices in a full perspective, on early years of fundamental scholar, focused on science education with assumptions of historical-critical pedagogy, adapted to scientific alphabetization contribution. This investigative interest comes especially from the understanding of what is recommended on Brazil official orientations and what is materialized through federal and municipals actions and scholar practices. This study has involved three professors from a municipal school, in Teixeira de Freitas City, Bahia, that teaches on second year from fundamental school and their respective students. This is a qualitative research, academic empiric, descriptive, conducted on research action perspective. The data were built using in loco observations through semi-structured interviews, field diary inputs, pedagogical actions developed in co-operation with the professors and through a follow up with their students. The data analyses have been performed using theoretical foundations, philosophic and methodologies from PHC overlaid on contributions on scientific literacy. This study has been guided mainly in authors who defend a critical pedagogy for education: Áttico Chassot, Cecília Goulart, Dermeval Saviani, João Wanderley Geraldi, Lúcia Helena Sasseron, Ole Skovsmose and Paulo Freire. The data analyses indicated that pedagogical practices focused in science teaching, relied on methodological assumptions from PHC and in some scientific alphabetization background promotes a teach-learning in an integral perspective, contributing in the development of critical and participative individuals. Through analyses we were able to identify some challenges regarded with the planning and development of pedagogical practices in accordance to what was defended on this investigative study: teachers prioritize Portuguese language teaching, decontextualized with the focus on appropriation from alphabetic writing, difficulties faced by themselves in develop investigative pedagogical practices from science area as well as in other areas of knowledge. From this investigative path, a book could be developed, which will be available on EDUCIMAT website to the professors of Fundamental education and also to anyone else interested a different approach regarded with the alphabetization.