A valorização dos referenciais da paisagem: um ensaio metodológico em Colatina-ES

Hoffman, Encio Henrique (2022)

tcc

RESUMO: As cidades estão em constante transformação e, tendo a consciência de tantos movimentos, buscou-se definir e analisar, nessa pesquisa, o que faz de Colatina ser reconhecível através do tempo. Um dos modos de analisar uma cidade é estudar seus referenciais paisagísticos, marcos visuais que intrincados na mente dos usuários do espaço público dão noção de espaço, localização, movimento e remetem à história do local onde está inserido. No presente trabalho, a Estátua do Cristo Redentor foi escolhida como referencial paisagístico de Colatina e foram selecionados cinco espaços livres de uso público do Centro da cidade como palcos para avaliar a visualização que se tem, ou não, do monumento. Como parte dos resultados, em quatro desses espaços a Área de Visualização Ausente teve a maior porcentagem em relação à área total. Além disso, os mapas gerados no software QGis demonstraram os melhores locais para se ver o Cristo, e os locais nos quais seria mais vantajoso intervir com projetos paisagísticos para incentivar e manter essa visualização. Concluiu-se, portanto, que esse tipo de estudo é fundamental para auxiliar no planejamento de transformações da paisagem, considerando a importância dos referenciais e as interferências com os elementos citadinos.

ABSTRACT: Cities are in constant transformation, and being aware of such movements it was sought to define and analyze in this research what makes Colatina recognizable throughout time. One of the ways to analyze a city is to study its landscape references, visuals landmarks that, intricate in the user’s mind, expresses a sense of space, location, movement and reminds them the history of that place. At this present work, the Statue of Cristo Redentor was elected as a Colatina’s landscape reference and five open spaces of public use in downtown area was chosen to be analyzed, in order to find out if there is, or there is not, a visual connection to the monument. As part of the results, in four of those spaces, the No View Area presented the highest percentage compared to the full area. Moreover, the maps made in the software QGis, showed the best spots to visualize the Cristo, and which ones could present the best results if submitted to landscape remodeling in order to maintain and improve visualization. In conclusion, this kind of research is fundamental to support the planning of landscape transformations, considering the significance of the landscape references and its interference with the city elements.