Educação patrimonial : uma experiência com alunos e professores no município de Vila Velha/ES

Carvalho, Michele Pires (2014)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Esta investigação objetiva investigar as potencialidades da Educação Patrimonial com os professores da rede municipal de ensino, discutir seus conceitos e proporcionar subsídios para potencializar os espaços da cidade como espaços formativos, com o intuito de promover o exercício da cidadania e a consciência de preservação do patrimônio local. A Educação Patrimonial Crítica, que se propõe neste trabalho, requer que o indivíduo seja um elemento inseparável do ambiente, no qual suas manifestações sociais ou culturais, conjuntamente a todos os seres vivos e ecossistemas, possam ser percebidos e respeitados como patrimônio. O espaço da cidade possui ampliadas possibilidades de práticas educativas, configura-se como um local de ações sociais, políticas, culturais, vivências que nos colocam em contato com diferentes formas de agir, pensar e sentir. As ações e intervenções de diferentes públicos mostram que este espaço possui um grande potencial educacional. De forma a fundamentar a investigação, foram estabelecidos diálogos com a pedagogia histórico-crítica e psicologia histórico-cultural e apresentado o significado de Cidade Educadora. A pesquisa-ação foi escolhida como prática metodológica por proporcionar a perspectiva processual da investigação, o diálogo com alunos e professores e a troca de saberes entre os participantes. A investigação organizou-se em diferentes momentos: aplicação de questionário investigativo junto a três escolas do município de Vila Velha/ES; desenvolvimento da metodologia da Educação Patrimonial nas séries finais do Ensino Fundamental, por meio de uma sequência didática; e desenvolvimento do Curso de Educação Patrimonial Crítica para os professores da rede municipal de Ensino. Utilizando-se das informações apreendidas no decorrer da pesquisa e das contribuições dos professores e alunos envolvidos, foi elaborado um Guia de Educação Patrimonial Crítica para os professores, com sugestões de atividades a serem desenvolvidas. O patrimônio de uma cidade permite que o educador trabalhe de forma interdisciplinar, crítica e contextualizada.

ABSTRACT: This research aims to inquire on the potentialities of Heritage Education with teachers of public schools, to discuss about its concepts and to provide with elements in order to turn urban spaces into learning places, so that the exercise of citizenship can be promoted as well as local heritage is preserved. Critical Heritage Education, as proposed in this work, requires the individual to be a constitutive element of his/her environment, in which social or cultural manifestations, alongside with all living beings and ecosystems, can be perceived and respected as a heritage. Urban spaces have widened possibilities of educative practices and configure a place of social, political, and cultural actions and experiences that put us in touch with different ways of acting, thinking and feeling. Actions and interventions of different audiences show that these spaces have a great educative potential. In order to set the bases of this investigation, dialogues have been established with historical-critical pedagogy and with historical- cultural psychology. The meaning of Educative City has also been presented. Action- research was chosen as the methodological practice, for it enables a perspective on the process of investigation, a dialogue with students and teachers and an exchange of knowledge among participants. The investigation was organized in different moments: submission of an investigative questionnaire in three public schools of Vila Velha/ES; development of the methodology for Heritage Education in the final years of Elementary Education, through a didactical sequence; and development of the Course of Critical Heritage Education for teachers, with suggestions of activities to be carried out. The heritage of a city allows educators to work in an interdisciplinary, critical, and contextualized way.


Colecciones: