O Laboratório de Ensino de Matemática na Formação do Professor

Donna, Gabriel Tuão (2022-03-08)

tcc

RESUMO: A forma de ensinar matemática, com o passar dos anos, evolui e se transforma, havendo, dessa forma, uma necessidade de que os professores revejam suas metodologias para ensinar matemática. Um espaço para que essas mudanças no ensino ocorram é o Laboratório de Ensino de Matemática (LEM). Com o propósito de responder ao questionamento: “De que forma o LEM contribui na/para a formação inicial do professor de matemática? ”, buscamos investigar como ele contribui para a formação inicial do professor de matemática. Para esta pesquisa, adotamos uma abordagem metodológica qualitativa, em que os sujeitos investigados são alunos do curso de Licenciatura em Matemática do Ifes campus Cachoeiro de Itapemirim, cujo instrumento de coleta de dados foi um formulário criado no Google Docs. Para esta investigação, embasamos teoricamente em Bittar e Freitas; Lorenzato e Santos e Gualandi, no que tange ao uso do LEM como espaço para o ensino de matemática. Concluímos com essa pesquisa que o LEM não precisa ser somente uma sala física na escola, ou um espaço com essa finalidade - O LEM constitui os materiais utilizados, as metodologias aplicadas, as reflexões provocadas e principalmente os momentos em que os alunos têm a chance de aprender manipulando os materiais didáticos com o propósito de desenvolver o pensamento matemático. Concluímos que, desenvolver investigações matemáticas no LEM, proporciona ao aluno experiências que podem tornar a matemática mais atraente e compreensível, trazendo uma enorme bagagem de conhecimentos para os professores em formação.

ABSTRACT: The way of teaching mathematics, over the years, evolves and changes, thus, there is a need for teachers to review their methodologies for teaching mathematics. One space for these changes in teaching to occur is the Mathematics Teaching Laboratory (MTL). With the purpose of answering the question: “How does MTL contribute to/for the initial training of mathematics teachers? ” we seek to investigate how it contributes to the initial training of mathematics teachers. For this research, we adopted a qualitative methodological approach, in which the investigated subjects are students of the Mathematics Degree course at Ifes campus Cachoeiro de Itapemirim, whose data collection instrument was a form created in Google Docs. For this investigation, we theoretically base ourselves on Bittar and Freitas; Lorenzato and Santos and Gualandi, regarding the use of MTL as a space for teaching mathematics. We conclude with this research that the MTL does not need to be just a physical room at school, or a space for that purpose - MTL constitutes the materials used, the methodologies applied, the reflections provoked and especially the moments in which students have the chance to learn by manipulating teaching materials with the purpose of developing mathematical thinking. We conclude that developing mathematical investigations in MTL provides to the students experiences that can make mathematics more attractive and understandable, bringing a huge amount of knowledge to teachers in training.


Collections: