Aspectos raros relacionados a tubarões no Brasil.

Moreira, José Victor Calenzani de Oliveira (2022)

tcc

RESUMO: Este trabalho contemplou algumas raridades encontradas em elasmobrânquios, sendo: (1) o registro de um embrião de duas cabeças de tubarão-azul (Prionace glauca) e; (2) a presença rara do tubarão-limão (Negaprion brevirostris) em regiões da plataforma continental da região costeira do Brasil. (1) Elasmobrânquios apresentam registros de embriões com malformações embrionárias e genéticas, contudo, pouco se sabe sobre as causas e frequência. Foi descrito o primeiro registro de embrião diprosopo de tubarão-azul, Prionace glauca, que apresentou duplicação de estruturas craniofaciais, más forção das mesmas, além de torção na coluna em espiral, no Oceano Atlântico Sul, a partir de uma fêmea capturada nas proximidades da ilha de Trindade (19°29'30"S, 028°20’00”W). (2) O tubarão limão, distribui-se no Oceano Atlântico desde os Estados Unidos ao sul do Brasil, habitando águas rasas costeiras ao redor de recifes de corais, manguezais, baías e desembocaduras de rios e, no Brasil a espécie é comumente encontrada em Fernando de Noronha e Atol das Rocas. A distribuição espacial e abundância de uma espécie ao longo do tempo pode nos dizer muito sobre sua ecologia e modo de vida, sendo assim este trabalho teve como objetivo, investigar como se dá a distribuição espacial dos tubarões limão em regiões costeiras do Brasil. O mapa de distribuição da espécie fornecido pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) relata a presença da espécie em toda a costa brasileira. No presente trabalho foi feita uma análise cientométrica relacionada ao monitoramento de desembarque pesqueiro e pescarias ao longo da região costeira do Brasil, bem como novos registros para a região. A partir de análises com estes dados, não foram encontradas evidências que corroborem esse padrão de distribuição em toda a plataforma costeira do Brasil, evidenciando a raridade de ocorrência da espécie além das ilhas oceânicas onde é mais comum.

ABSTRACT: This paper contemplated some rarities found in elasmobranchs, these being: (1) the registration of a two-headed blue shark embryo (Prionace glauca) and; (2) the rare presence of the lemon shark (Negaprion brevirostris) in regions of the continental shelf of the coastal region of Brazil. (1) Elasmobranchs have records of embryos with embryonic and genetic malformations, however, little is known about the causes and frequency. This paper described the first record of a diprosopus embryo of the blue shark, Prionace glauca, with presented duplication of craniofacial structures and poor strength of the same, in addition to spiral column twist in the South Atlantic Ocean from a female captured near Trindade Island (19°29'30 "S, 028°20'00 "W). (2) The lemon shark is distributed in the Atlantic Ocean from the United States to southern Brazil, inhabiting shallow coastal waters around coral reefs, mangroves, bays, and river mouths, and in Brazil the species is commonly found in Fernando de Noronha and Atol das Rocas. The spatial distribution and abundance of a species over time can tell us a lot about its ecology and way of life, so this paper aimed to investigate the spatial distribution of lemon sharks in coastal regions of Brazil. The distribution map of the species provided by the International Union for Conservation of Nature (IUCN) reports the presence of the species along the Brazilian coast. In the present work, a scientometric analysis was made related to the monitoring of fishing landings and fisheries along the Brazilian coastal region, as well as new records for the region. From analyses with these data, no evidence was found to corroborate this distribution pattern throughout the Brazilian coastal platform, evidencing the rarity of the species' occurrence beyond the oceanic islands where it is most common.


Collections: