Cineclube na escola : uma proposta de alfabetização científica na perspectiva CTSA analisada à luz da pedagogia da complexidade

Ribeiro, Katy Kênio (2013)

Dissertação de mestrado

RESUMO: O objetivo desta pesquisa foi analisar as ações de um Projeto de Cineclube desenvolvido em uma Escola Pública da Rede Estadual do Espírito Santo, com o objetivo de promover a Alfabetização Científica na perspectiva da filosofia do Movimento CTSA – Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente, a partir de exibições cinematográficas. A análise de tal experiência se desenvolveu à luz do pensamento complexo de Edgar Morin naquilo que se refere à educação, de acordo com as discussões de Petráglia acerca do potencial desta experiência para o ensino de ciências nos termos propostos pelo projeto de extensão escolar “Cineclube na Escola”. Em termos referenciais, a pesquisa se apoiou ainda em autores como Libâneo, Chassot, Aikenhead, Santos e Auler, Cachapuz, Pinheiro, Macedo, Napolitano, Belloni, Roitman, Carvalho, Fracalanza, Amaral e Gouveia, entre outros. Tratou-se de uma pesquisa descritiva, bibliográfica, documental, de cunho qualitativo, desenvolvida na modalidade de um Estudo de Caso, valendo-se da técnica da observação participante. Analisamos os dados a partir da proposta de interpretação qualitativa do método hermenêutico dialético. Constatou-se como resultado a validade de projetos de extensão escolar para as instituições de ensino, a importância de desenvolver propostas que promovam a transdisciplinaridade, juntamente com outras posturas inovadoras para o ensino de ciências. Concluímos que o Projeto Cineclube na Escola tem fortes indícios da vivência da pedagogia da complexidade, assumida em uma educação transdisciplinare que abre caminhos para uma alfabetização científica na perspectiva CTSA a partir de uma linguagem diferenciada para um ensino de ciências que seja solidário, ético e complexo. Desta forma foi construído como fruto desta pesquisa um Roteiro Didático a partir de aspectos da pedagogia da complexidade, para realização de Cineclubes que promovam a alfabetização científica na perspectiva CTSA.

ABSTRACT: This research was aimed at analyzing the actions of a Movie Club Project developed at a State Public School in Espírito Santo, with the objective of promoting the Scientific Literacy in the Science, Technology, Society and Environment perspective – STSE, based on film screenings. The analysis of such an experience was developed in the light of Edgar Morin complex thinking, which refers to education, according to Petráglia’s discussions on the potential of this experience to the teaching of Sciences in the terms proposed by the Extension Project “Movie Club at School”. In terms of bibliographic references, the research was supported by authors like Libâneo, Chassot, Aikenhead, Santos and Auler, Cachapuz, Pinheiro, Macedo, Napolitano, Belloni, Roitman, Carvalho, Fracalanza, Amaral and Gouveia, among others. It was a descriptive, bibliographic, documental and qualitative research, developed as a Case Study, using the participative observation technique. We analyzed the data from the dialectical hermeneutic method, with the purpose of a qualitative interpretation. We conveyed as results the validity of school extension projects and the importance of development of purposes which promote transdisciplinarity, along with other innovative postures for Science Teaching. We concluded that the Movie Club Project at School has strong evidences of the complexity pedagogy experience, assumed from a transdisciplinary education which provides ways to a scientific literacy in the STSE perspective, with the use of a differentiated language for a supportive, ethical and complex science teaching. Thus, a Didactic Itinerary was made as product of this research, based on complex pedagogy aspects, for the implementation of Movie Clubs able to promote scientific literacy in the STSE perspective.