A cultura maker e a educação para o século XXI: convergências com a formação de educadores para o ensino de Ciências

ACCIOLY, Marcos Vinicius Forecchi (2021)

dissertacao_mestrado

Este trabalho propõe uma investigação relacionada à cultura maker através da formação de professores da educação básica, atuantes no ensino de Ciências, utilizando metodologias ativas de aprendizagem em oficinas pedagógicas ofertadas no município de Guarapari, Espírito Santo. A realização das oficinas culminou com a participação de diversos projetos na Mostra Municipal de Ciências, Arte, Tecnologia e Inovação do município. Adota uma abordagem qualitativa e utiliza como método o estudo de caso. Neste sentido, estivemos interessados em observar, analisar e relatar: as possibilidades e contribuições da cultura maker percebidas pelos participantes; os entraves e desafios que percebem para a vivência de uma cultura maker no ambiente escolar; as características da cultura maker vivenciadas por eles e a utilização da tecnologia como meio de expressão, em oposição ao “consumo tecnológico”. Como possibilidades e contribuições, foram apontadas o trabalho criativo, a maior capacidade de retenção da atenção dos alunos ao "aprender fazendo", o professor se enxergar no papel de aprendiz e a experimentação de outras formas de ensino para além do expositivo. Como entraves e desafios da cultura maker, aparecem em especial a infraestrutura necessária às escolas para vivência desta cultura e a aversão de alguns profissionais relativa à informática. Como características da cultura maker vivenciadas pelos participantes das oficinas, observamos o "aprender fazendo", o "aprender em conjunto" e o compartilhamento de soluções, bem como a valorização do "erro" como parte do processo de aprendizagem. Sobre o consumo tecnológico, observamos que os participantes foram capazes de utilizar a tecnologia como meio de expressão em diversas ocasiões. Como produto educacional, construiu-se um curso online gratuito e massivo do tipo MOOC a partir da aplicação da metodologia ADDIEM, baseado nas percepções recolhidas durante a realização das oficinas com os participantes da pesquisa. O curso proporciona formação aberta e online e funciona tanto isoladamente quanto também como apoio à execução de oficinas presenciais nos moldes da que oferecemos nesta pesquisa.

This work proposes an investigation related to the maker culture through the training of basic education teachers, working in Science teaching, using active learning methodologies from pedagogical workshops offered in the city of Guarapari, Espírito Santo. The workshops culminated in the participation of several projects in the Municipal Science, Art, Technology and Innovation Exhibition in the municipality. It adopts a qualitative approach and uses the case study as a method. In this sense, we were interested in observing, analyzing and reporting: the possibilities and contributions of the maker culture perceived by the participants; the obstacles and challenges they perceive for the experience of a maker culture in the school environment; the characteristics of the maker culture experienced by them and the use of technology as a means of expression, as opposed to “technological consumption”. As possibilities and contributions, participants pointed out the creative work, the greater ability to retain students' attention when "learning by doing", the teacher seeing himself in the role of learner and experimenting with other forms of teaching beyond the expository traditional way. As barriers and challenges of the maker culture, the infrastructure needed by schools to experience this culture and the aversion of some professionals to information technology specially appear. As characteristics of the maker culture experienced by the workshop participants, we observed "learning by doing", "learning together" and sharing solutions, as well as the appreciation of "mistakes" as part of the learning process. Regarding “technological consumption”, we observed that participants were able to use technology as a means of expression on several occasions. As our educational product, a free and massive online course of the MOOC type was built based on the application of the ADDIEM methodology, considering the perceptions gathered during the workshops with the research participants. The course provides open and online training and works both by itself and also as support for the execution of face-to-face workshops along the lines of the one we have offered in this research.


Collections: