Diagnóstico inicial dos produtores de Camarão Branco do Pacífico Litopenaeus vannamei (BOONE, 1931) no Estado do Espírito Santo

Mota, Igor José Ferreira da SIlva (2021)

tcc

RESUMO: A produção de camarão marinho está crescendo exponencialmente no mundo e atingiu níveis recordes nos últimos anos, por isso é fundamental entender a realidade de produção dos empreendedores, bem como as dificuldades enfrentadas, a fim de contribuir para o sucesso e crescimento das carciniculturas, em especial a brasileira. Diante disso, o trabalho teve como objetivo caracterizar a produção de camarão branco do pacífico Litopenaeus vannamei, no estado do Espírito Santo. A pesquisa se deu a partir de entrevistas realizadas durante dezembro de 2020 a maio de 2021 com os produtores através de questionários estruturados aplicados de forma online, devido a pandemia da COVID-19. Foram entrevistados quatro produtores em quatro municípios do estado. O sistema intensivo é predominante (75%), constituídos por sistemas monofásicos (apenas com a fase de engorda) e bifásicos (utilizando berçário e depois engorda). A densidade de estocagem média das pós-larvas no berçário foi de 2.350 m³, e na fase de engorda variando de 160 a 300 m³. A criação do L. vannamei é recente no Estado, o tempo de atividades varia de dois a três anos, onde cada produtor possui <10ha de área alagada, correspondendo a menos de 10% do total da propriedade, sendo caracterizados como de pequeno porte. As dificuldades enfrentadas no início da criação ainda são as mesmas enfrentadas atualmente, dando destaque para a logística de insumos como a aquisição de pós larvas, ração, pois todo o material advém de outras regiões, em especial do Nordeste. Sendo assim, é necessário que seja criado políticas públicas a fim de auxiliar o crescimento da produção estadual e nacional de camarão marinho, além disso, é necessário que os órgãos competentes e as universidades deem mais assistência a esse setor através de cursos de capacitação técnica e tecnológica.

ABSTRACT: The production of marine shrimp is growing exponentially worldwide and has reached record levels in recent years, so it is essential to understand the reality of production of entrepreneurs, as well as the difficulties faced, to contribute to the success and growth of shrimp farming in especially the Brazilian one. Therefore, the work aimed to characterize the production of white shrimp from the Pacific Litopenaeus vannamei, in the state of Espírito Santo. The research was based on interviews carried out from December 2020 to May 2021 with producers through structured questionnaires applied online, due to the COVID-19 pandemic. Four producers and four municipalities in the state were interviewed. The intensive system is predominant (75%), consisting of single-phase (only with the fattening phase) and two-phase (using a nursery and then fattening) systems. The average stocking density of post-larvae in the nursery was 2,350 m³, and in the fattening phase it ranged from 160 to 300 m³. The creation of L. vannamei is recent in the state, the activity time varies from two to three years, where each producer has <10ha of flooded area, corresponding to less than 10% of the total property, being characterized as small. The difficulties faced at the beginning of breeding are still the same as those faced today, highlighting the logistics of inputs such as the acquisition of post-larvae, feed, as all the material comes from other regions, especially the Northeast. Therefore, it is necessary to create public policies to assist the growth of state and national production of marine shrimp, in addition, it is necessary that the competent bodies and universities provide more assistance to this sector through technical training courses and technological.


Collections: