Apropriação do uso de tecnologias digitais na realização de uma prática pedagógica : um olhar sobre a formação inicial do professor de matemática

Silva, Maria Edwirgem Ribeiro da (2016)

Dissertação de mestrado

RESUMO: Este trabalho versa sobre o uso de tecnologias digitais na produção de atividades matemáticas na Formação Inicial de Professores de Matemática. A problemática discutida envolveu a utilização de dispositivos móveis e aplicativos por licenciandos ao planejar tarefas Matemáticas, inseridos em uma disciplina de Informática na Educação Matemática. Esta disciplina foi organizada em cinco módulos, a saber: Júri Simulado; Instrucionismo x Construcionismo; XLOGO; Dispositivos Móveis; Geometria Dinâmica. Entre estes, o penúltimo foi o de realização desta pesquisa, que contou com oito horas presenciais e dez dias de atividades (postagem de tarefas, leitura de material bibliográfico e fóruns) no ambiente virtual de aprendizagem, moodle. Nossos sujeitos foram 35 estudantes de uma turma de 2º período de licenciatura em Matemática do Ifes, Vitória-ES. Os licenciandos foram convidados a participar de uma prática pedagógica em sala de aula, que objetivou o planejamento de atividades matemáticas, mediadas pelo uso de tecnologias digitais, para estudantes de educação básica. Tiveram a oportunidade de expor suas ideias e experiências vivenciadas até o momento da pesquisa com o uso de dispositivos móveis e aplicativos na Educação. Foram utilizados tablets com os aplicativos Broken calculator e Equações de segundo grau no planejamento de atividades matemáticas, mas elementos como metodologias de ensino, práticas pedagógicas, recursos didáticos, entre outros, que compõem o processo educativo também fizeram parte de nossas discussões. Este estudo tem seu referencial teórico alicerçado em Bairral (2012; 2013; 2015), Borba, Silva e Gadanidis (2014), Cibotto (2015), Fiorentini (2005), Frota e Borges (2004), Moran (2013), Mussolini (2004), Penteado (2000), que discutem o uso de tecnologias digitais como ferramentas que devem ser exploradas com finalidade didático-pedagógica para o ensino e, em particular, o ensino de Matemática na Formação Inicial de Professores. Vale destacar que alguns professores de Matemática demonstram insegurança em relação ao uso de novos recursos didáticos e metodologias de ensino em suas práticas diárias. Esse fato faz com permaneçam em sua zona de conforto, evitando a imprevisibilidade e a perda de controle das situações didáticas ao fazer uso de tecnologias digitais para o ensino de Matemática. Com esta pesquisa, intencionamos propiciar a esses licenciandos discussões sobre o uso didático pedagógico de tecnologias digitais e situações de ensino que futuramente irão vivenciar nas salas de aulas da escola básica. Realizamos uma pesquisa qualitativa do tipo Observação Participante, na qual usamos como instrumentos para produção de dados: diário de bordo, questionário, rodas de conversa e análise documental (tarefas em sala de aula e no Moodle). Os resultados sugerem a integração de tecnologias digitais às metodologias de ensino, de modo que sejam usadas para favorecer construção de conhecimentos matemáticos.

ABSTRACT: This work deals with the use of digital technologies in the production of mathematical activities in the Initial Formation of Mathematics Teachers. The problematic discussed involved the use of mobile devices and applications by licenciandos when planning Mathematical tasks, inserted in a discipline of Computer science in Mathematical Education. This discipline was organized in five modules, namely: Simulated Jury; Instructionalism x Constructionism; XLOGO; Mobile devices; Dynamic Geometry. Among these, the penultimate was the one of accomplishment of this research, that counted on eight in-person hours and ten days of activities (posting of tasks, reading of bibliographical material and forums) in the virtual learning environment, moodle. Our subjects were 35 students from a class of 2nd degree in Mathematics from Ifes, Vitória-ES. The graduates were invited to participate in a pedagogical practice in the classroom, which aimed at the planning of mathematical activities, mediated by the use of digital technologies, for students of Basic Education. They had the opportunity to present their ideas and experiences lived up to the moment of the research with the use of mobile devices and applications in Education. We used tablets with the applications Broken calculator and Equations of the second degree in the planning of mathematical activities, but elements such as teaching methodologies, pedagogical practices, didactic resources, among others, that make up the educational process were also part of our discussions. This study has its theoretical framework based on Bairral (2012, 2013, 2015), Borba, Silva and Gadanidis (2014), Cibotto (2015), Fiorentini (2005), Frota and Borges (2004), Moran (2013), Mussolini 2004), Penteado (2000), who discuss the use of digital technologies as tools that should be explored with teaching-pedagogical purposes for teaching and, in particular, the teaching of Mathematics in Initial Teacher Training. It is worth mentioning that some teachers of mathematics demonstrate insecurity regarding the use of new didactic resources and teaching methodologies in their daily practices. This fact makes them remain in their comfort zone, avoiding the unpredictability and loss of control of didactic situations when making use of digital technologies for teaching mathematics. With this research, we intend to provide these graduates with discussions about the pedagogical didactic use of digital technologies and teaching situations that will be experienced in the classroom of the basic school in the future. We performed a qualitative research of the participant observation type, in which we use as instruments for data production: logbook, questionnaire, talk wheels and document analysis (tasks in the classroom and in Moodle). The results suggest the integration of digital technologies to teaching methodologies, so that they are used to favor the construction of mathematical knowledge.