Literatura e educação: diálogos plurais

Carvalho, Letícia Queiroz de (2021)

livro

A polissemia presente na edificação do texto literário permite-nos adentrar situações e realidades plurais, a partir da experiência de leitura e do exercício crítico que o contato com os livros ficcionais pode nos possibilitar, seja nos espaços escolares, seja em qualquer espaço potencialmente educativo. Sabemos que as questões atinentes à leitura literária na escola são complexas e profundamente vinculadas ao contexto social mais amplo, destacando-se não apenas a responsabilidade docente ou da instituição escolar nos processos de formação cultural dos alunos, mas também a urgência em se priorizar a educação e o acesso à cultura, a partir de políticas públicas que legitimem tal processo inclusivo em nossa sociedade. Diante das inúmeras situações atípicas que têm se apresentado em nosso contexto social, principalmente no que tange ao contexto pandêmico que se instaurou desde 2020, provocando mudanças profundas nas relações pedagógicas e sociais, resta-nos o exercício da reflexão, da esperança e da leitura como possíveis formas de compreendermos melhor esses tempos tão obscuros pelos quais passamos, bem como de nos mobilizar criticamente para novas formas de luta social. Pretendemos, portanto, com os textos produzidos neste livro, levarmos provocações no campo da Literatura e da Educação para os professores, alunos, mediadores de leitura e interessados no tema, a fim de produzirmos novas questões, pesquisas ou debates que nos aproximem da leitura literária em sua pluralidade, como um espaço efetivamente destinado às problematizações e às buscas pelo diálogo com o mundo e com todas as questões que dele emergem e nos ajudam a pensá-lo melhor.