Muros que educam : violência contra as mulheres e graffiti na cidade de Vitória

Spadêto, Jéssica Ribeiro (2019)

dissertação de mestrado

RESUMO: O texto apresenta a pesquisa vinculada à linha de formação de professores, do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Humanidades (PPGEH) e teve como objetivo compreender como as discussões sobre identidade de gênero feminino, em especial, a violência contra mulher, podem ser mediadas a partir dos graffitis presentes nos muros da grande Vitória/ES. O interesse pela temática é oriundo de reflexões produzidas, ao longo do percurso formativo da pesquisadora, como também provenientes de pesquisas que discutem a violência de gênero no Brasil e no Espírito Santo e as possíveis mediações a serem feitas no espaço educativo. A pesquisa adota os pressupostos da abordagem qualitativa numa perspectiva histórico-cultural. Essas referências teórico-metodológicas irão subsidiar a produção de um material impresso, produzido juntamente com educadores em curso de extensão, bem como mediado pelas informações provenientes das discussões do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação na Cidade e Humanidades (GEPECH). Objetivamos ainda, a partir do estudo da arte graffiti capixaba presente nos muros da Grande Vitória/ES desenvolver ação de formação continuada com professores da rede pública, para discutir e problematizar a violência de gênero, suas raízes históricas e a potência do graffiti feminino para mediar discussões sobre o tema no espaço educacional considerando a escola um ambiente privilegiado para levantar e problematizar tais discussões.


Colecciones: