A conectividade dos espaços livres através da trama verde-azul na cidade de Aimorés - MG

Bello, Mariana Rocha (2021)

tcc

RESUMO: Dentro do contexto da cidade, a necessidade de interconexão entre os seres vivos e a natureza está atrelada à existência de elementos que garantam a continuidade e o acesso dos mesmos integrados aos processos urbanos, a fim de produzir uma cidade resiliente e interconectada. Dito isso, o principal propósito da presente pesquisa é propor conexões entre os Espaços Livres em Aimorés-MG, através da análise das disposições, classificações e interações dos mesmos. Sendo assim, os objetivos são configurados a fim de estudar a cidade, sua história, a situação dos Espaços Livres na malha urbana e o contexto em que se inserem sob a ótica da conectividade. A metodologia é distribuída em escala Macro, Média e Micro, onde os Espaços Livres foram analisados em diferentes níveis de detalhe a fim de obter diferentes perspectivas. Partindo de uma malha de vegetação extraída do território e da rede hidrográfica, conhecida como Trama Verde e Azul, os elementos do território são compatibilizados de modo a alcançar uma biofilia entre as propostas de intervenção e os elementos naturais da cidade de Aimorés. Através das diretrizes sugeridas, os resultados se consagram como propostas de uma rede de conectividade integrada à estrutura viária e ao tecido urbano, respeitando os cursos d’água e a vegetação presente.

ABSTRACT: Within the context of the city, the need for interconnection between living beings and nature is linked to the existence of elements that guarantee their continuity and access to urban processes, in order to produce a resilient and interconnected city. That said, the main purpose of this research is to propose connections between the Free Spaces in Aimorés-MG, through the analysis of their dispositions, classifications and interactions. Thus, the objectives are configured in order to study the city, its history, the situation of Free Spaces in the urban fabric and the context in which they are inserted from the perspective of connectivity. The methodology is distributed on a Macro, Medium and Micro scale, where the Free Spaces were analyzed at different levels of detail in order to obtain different perspectives. Starting from a network of vegetation extracted from the territory and the hydrographic network, known as Green and Blue Grid, the elements of the territory are made compatible in order to achieve a biophilia between the intervention proposals and the natural elements of the city of Aimorés. Through the suggested guidelines, the results are consecrated as proposals for a network of connectivity integrated with the road structure and the urban fabric, respecting the watercourses and the vegetation present.


Collections: