Análise do uso e ocupação do solo no perímetro urbano de Colatina-ES

Santos, Andre Pinto dos (2021)

tcc

RESUMO: A compreensão do uso e ocupação do solo é imprescindível para um desenvolvimento sustentável do município, orientando o crescimento de forma racional, preservando os recursos naturais e garantindo uma cidade justa, igualitária e inclusiva para a população. Em muitos casos, as cidades são dispersas, segregadas e fazem mau aproveitamento dos recursos naturais pelo uso incorreto do solo, resultando em inúmeros problemas ambientais, econômicos e sociais que se manifestam na área urbana. O uso de dados da morfologia do território como relevo e declividade, bem como dados de uso e ocupação do solo, entre outros, podem servir de base para um planejamento urbano visando o melhor aproveitamento do solo urbano e uma distribuição territorial da população mais equilibrada, criando condições sociais iguais para todos e gerenciando a ocupação urbana de forma harmoniosa com o meio ambiente. Neste sentido, a elaboração deste trabalho visa a criação de um atlas do município, com a intenção de ilustrar informações espacializadas no território capaz de facilitar a compreensão do processo de uso e ocupação do solo no perímetro urbano de Colatina-ES, com auxílio de Sistema de Informação Geográfica (SIG), a fim de cruzar dados que resultem em novas informações para subsidiar diretrizes de planejamento urbano. A partir de malhas georreferenciadas, informações ambientais e sociais de órgãos públicos, os dados foram espacializados no território urbano de Colatina, onde pôde-se constatar particularidades do processo de expansão urbana norteada pelo relevo declivoso e zoneamento do Plano Diretor Municipal, no qual considerou Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) em áreas com menor valor da terra como instrumento norteador do crescimento urbano, resultando em um aumento do espraiamento urbano, crescimento horizontal da cidade e queda da densidade populacional nos últimos 10 anos, o que significa maior uso do solo e menor aproveitamento do mesmo. Além disso, ficou evidente a predominância de uso do solo para atividades agropecuárias dentro do perímetro urbano, correspondendo a mais da metade da área do perímetro e a desigualdade na ocupação da área urbana consolidada a partir das características dos diferentes perfis populacionais. Com isso, pôde-se ter uma visão geral do território urbano sintetizado em mapas, de fácil compreensão e acessível para o uso em trabalhos futuros que visem contribuir para o crescimento urbano sustentável de Colatina-ES.

ABSTRACT: Understanding the use and occupation of land is essential for the sustainable development of the municipality, guiding the growth in a rational way, preserving natural resources and ensuring a fair, equal and inclusive city for the population. In many cases, cities are dispersed, segregated and misuse of natural resources by the incorrect use of the soil, resulting in environmental, economic and social problems that manifest themselves in the urban area. The use of data on the morphology of the territory, such as relief and slope, as well as data on land use and occupation, among others, can serve as a basis for technical urban planning, the better use of urban soil and a more balanced territorial distribution of the population, creating equal social conditions for all and managing urban occupation harmoniously with the environment. In this sense, the preparation of this work aims creation of an atlas of the municipality, intend to illustrate spatialized information in the territory capable of facilitating the understanding of the land use and occupancy process in the urban perimeter of Colatina-ES, with the help of the Geographic Information (GIS), in order to cross data that results in new information for urban planning guidelines. Based on georeferenced meshes, environmental and social information from public agencies, the data were spatialized in the urban territory of Colatina, where it was possible to verify particularities of the urban expansion process guided by the sloping relief and zoning of the Municipal Master Plan, in which it considered Zones Social Interest Specials (ZEIS) in areas with lower land value as a guiding instrument for urban growth, dissemination of an increase in urban sprawl, horizontal growth of the city and a decrease in population density in the last 10 years, which means greater land use and less use of it. In addition, the predominance of land use for agricultural activities within the urban perimeter was evident, corresponding to more than half of the perimeter area and the inequality in the occupation of the consolidated urban area based on the characteristics of the different population profiles. With that, it was possible to have an overview of the urban territory synthesized in maps, easy to understand and accessible for use in future works that aim to contribute to the sustainable urban growth of Colatina-ES.


Colecciones: